Após mais de 30 anos, atriz da novela Pantanal retorna ao destino e aproveita para conhecer Bonito

A viagem de familiarização foi convite da Fundtur, com o apoio de empresários do trade turístico, para divulgar as atrações turísticas do estado
| 04/02/2022
- 20:22
O roteiro da novela
O roteiro da novela, de sucesso na década de 1990, foi adaptado e gravado recentemente aqui no estado, e deve estrear ainda este ano na televisão brasileira. - Arquivo Pessoal

A atriz Giovanna Goldfarb retornou ao Mato Grosso do Sul para conhecer Bonito e revisitar o Pantanal. O fato ocorre após 30 anos de sua participação na novela em sua primeira versão. O roteiro da novela, de sucesso na década de 1990, foi adaptado e gravado recentemente aqui no estado, e deve estrear ainda este ano na televisão brasileira.

A viagem de familiarização foi convite da Fundtur (Fundação de de Mato Grosso do Sul), com o apoio de empresários do trade turístico, para divulgar as atrações turísticas do estado por meio das redes sociais da atriz.

Giovanna comemora a volta ao Pantanal e a realização de conhecer Bonito. “Estou muito feliz por estar aqui no Mato Grosso do Sul, inclusive porque esse voo que eu cheguei aqui em Bonito era carbono neutro. Estou muito feliz e se segurem Bonito e Pantanal, porque eu cheguei”, comenta.

A atriz desembarcou na quinta-feira (3) em Bonito e após isso, segue para o Pantanal. O roteiro de viagem inclui atrativos da Rota Pantanal Bonito, para que a riqueza natural da região de Bonito/Serra da Bodoquena e do Pantanal seja contemplada na ação.

No Pantanal, Giovanna fará atividades como passeio a cavalo, manejo do gado, passeio de barco a motor, caminhada, safari fotográfico, focagem noturna de animais silvestres e de piranhas. Além de aproveitar toda a gastronomia pantaneira.

Já em Bonito/Serra da Bodoquena, as atividades serão de trilhas, cachoeiras, flutuação, cavalgada, conhecer a Gruta do Lago Azul e  boia cross. Além das atividades, a atriz conhecerá a gastronomia de Bonito, com pratos à base de peixes e frutas da região.

 

Veja também

Segundo Patrícia Abravanel, o programa até faturava bem com patrocínio, mas isso não foi o suficiente

Últimas notícias