MidiaMAIS

VÍDEO: Plena, Delinha recebe terceira dose da vacina ao som de 'O Sol e a Lua'

Cantora foi homenageada ao receber a dose de reforço em Campo Grande

João Ramos Publicado em 14/09/2021, às 09h25

Momento em que a profissional de saúde aplica a vacina no braço de Delinha
Momento em que a profissional de saúde aplica a vacina no braço de Delinha - (Foto: Reprodução, Facebook)

Pouco tempo depois de completar 85 anos, a "dama do rasqueado" recebeu a terceira dose da imunização contra a Covid-19 nesta segunda-feira (13). O aniversário de Delinha foi no dia 7 de setembro,  e o reforço da vacina acabou sendo um dos presentes, quase uma semana após a data.

De óculos escuros, vestido e máscara azul, a icônica cantora sul-mato-grossense surgiu plena no vídeo que registrou a agente de saúde aplicando a dose em seu braço.

Um detalhe em homenagem à sua obra abrilhantou e emocionou ainda mais o momento da imunidade: Delinha foi vacinada ao som de "O Sol e a Lua", uma de suas principais e mais importantes canções em parceria com o falecido marido Délio. Veja:

Escutando a clássica música regional, a artista agradeceu com palavras e gestos por receber a vacina e ter sido homenageada.

Há mais de 1 ano em casa e sem fazer shows por conta da pandemia, Delinha precisou encontrar um novo jeito de levar suas músicas para as pessoas. Considerada a Dama do Rasqueado em Mato Grosso do Sul, a emblemática cantora sertaneja está vendendo pen drives com sua discografia completa para vencer o sufoco.

Nem Delinha ficou imune às dificuldades impostas pelo coronavírus

Aos 85 anos de idade e detentora da maior discografia do Estado, Delinha não está saindo de casa por fazer parte do grupo de risco. Com o encerramento das apresentações, ela diz que sente muita saudade de estar com o público e emocionar fãs com sua voz. Além disso, mudanças impactaram muito na sua vida financeira.

"Sem os shows a gente não ganha. Fiz duas lives, uma nova experiência que eu não tinha feito. Foi muito gratificante as pessoas interagindo comigo pela Internet de toda a parte do mundo", recorda. Com a ajuda do filho João Paulo, Delinha resolveu então colocar suas músicas em pen drives para vender ao público.

Jornal Midiamax