O prefeito anunciou, na sexta-feira (26), o cancelamento do Carnaval de rua em Campo Grande no ano de 2022

De acordo com o presidente da Lienca

Jornal Midiamax.

Em setembro deste ano, quando ainda existia uma grande chance do carnaval de rua acontecer em 2022 na cidade, as escolas de samba já estavam trabalhando com a confecção de fantasias, realização de eventos para arrecadação de fundos e engajamento das comunidades. No entanto, o cenário mudou na última semana. Apesar disso, elas afirmam que os preparativos continuam.

  • Escola de samba “Deixa Falar”

De acordo com Fracis Fabian, a ‘Deixa Falar’ aguarda a resposta da Lienca com grande expectativa, uma vez que o novo formato continua sem confirmação.

“O desenvolvimento de figurinos e adereços continuaram, porém com algumas mudanças na espera de termos algo mais definido em relação ao desfile virtual”, informou.

  • Unidos da Vila Carvalho

Já a Unidos da Vila Carvalho está mais convicta de que o carnaval será realizado em novo formato. 

“Os preparativos continuam, a gente já estava se preparando para o carnaval de rua, mas como o prefeito cancelou, a gente está se adaptando para fazer online, mas o carnaval vamos fazer, mas online e com número reduzido de gente. Estamos adaptando ainda o formato, mas será realizado sim e a gente continua com os preparativos para o desfile online ou da forma que vai adaptar para fazer”, informou Wlauer Carvalho, presidente da escola de samba.

  • Catedráticos do Samba             

Quem também manteve os preparativos foi a Catedráticos do Samba. Apesar do novo estilo ainda estar sendo discutido entre as autoridades, a escola já deixou muita coisa pronta para manter a tradição em 2022 na Capital.

“Já fizemos o samba-enredo, já fizemos o lançamento na nossa quadra e estamos trabalhando e esperando para saber como é que vai ser esse formato do Carnaval”, informou a presidente Marilene Barros.

Dessa forma, a mesma premissa segue para todas as escolas de samba de ligadas à Lienca. 

Saiba Mais