MidiaMAIS

Centro Histórico de Porto Murtinho será revitalizado

Obras no centro histórico do município estão em fase de projeto. A expectativa é que elas sejam concluídas em 2022

Nathália Rabelo Publicado em 20/10/2021, às 16h06

Prédio centenário "Castelinho" integra o centro histórico de Porto Murtinho
Prédio centenário "Castelinho" integra o centro histórico de Porto Murtinho - Foto: Reprodução/FCMS

O centro histórico de Porto Murtinho, cidade localizada a 431 quilômetros de Campo Grande, será restaurado como parte de projeto de revitalização da cidade para receber empresários e investimentos oriundos da Rota Bioceânica, que interliga os litorais do Oceano Atlântico e o Oceano Pacífico no Cone Sul da América do Sul e passa pela região.

A informação foi confirmada ao Jornal Midiamax nesta quarta-feira (20). De acordo com o prefeito do município, Nelson Cintra, equipes da prefeitura e do Sebrae de Mato Grosso do Sul estão com projeto de restauração da cidade para receber turistas e empresários que estão indo até Porto Murtinho por causa da implementação do Corredor Bioceânico. A conclusão da ponte rodoviária que ligará o Brasil à cidade Carmelo Peralta, no Paraguai, aumenta ainda mais essa expectativa. Confira mais informações sobre o assunto ao fim da matéria.

Além da revitalização do centro histórico de Porto Murtinho, a Orla do Rio Paraguai também recebe obras para construção de espaço turísticos. As casas antigas e prédios centenários também passarão por reformas e pinturas. O IPHAN-MS (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional de Mato Grosso do Sul) foi acionado.

“Nós não queremos mudar as fachadas, nós queremos corrigir e melhorar o aspecto das casas e prédios antigos que temos aqui [...] nós vamos despoluir os prédios para para poder aparecer as fachadas”, disse o prefeito.

As obras dos patrimônios históricos ainda estão na fase de projeto e lançamento de edital. A expectativa é que trabalho seja concluído até o próximo ano. Apenas as obras da orla, até o momento, começaram. Já a ponte do Rio Paraguai tem previsão de início em 40 dias para ser finalizada até 2024.

Rota Bioceânica

A Rota de Integração Latino Americana (RILA), ou Rota Bioceânica, é um corredor rodoviário com extensão de 2.396 quilômetros, que pretende ligar o Oceano Atlântico aos portos de Antofagasta e Iquique, no Chile, passando por Paraguai e Argentina. Segundo seus propagadores, seria uma alternativa ao Porto de Santos (SP), encurtando distância e tempo para as exportações e importações brasileiras entre mercados potenciais na Ásia, Oceania e Costa Oeste dos Estados Unidos. No estado de Mato Grosso do Sul, a rodovia atravessa a parte sul do Pantanal.

O município de Porto Murtinho (MS) está situado na parte sul do Pantanal, às margens do rio Paraguai, na fronteira do Brasil com o Paraguai. Com pouco mais de 17 mil habitantes, 80% da população do município vive, essencialmente, do turismo de pesca. No local, será construída uma ponte rodoviária que ligará o Brasil à cidade Carmelo Peralta, no Paraguai. A obra, orçada em 75 milhões de dólares, tem o aporte para a construção da Itaipu Binacional, com previsão de término para 2024.

Jornal Midiamax