MidiaMAIS

Campo-grandense de coração, Mariana conhece a neve e faz bonequinhos no RS

Ansiosa para conhecer a neve desde que se mudou para a região gaúcha, Mariana compartilhou o momento inesquecível brincando com os floquinhos brancos

Nathália Rabelo Publicado em 30/07/2021, às 14h10

Mariana aproveitou a neve no RS
Mariana aproveitou a neve no RS - Foto: Arquivo Pessoal

A onda de frio em Mato Grosso do Sul está dando o que falar. Mas e o pessoal que está lá no Rio Grande do Sul que acabou se aventurando em brincar na neve bem no estilo Frozen? É o que conta Mariana Henriques Rosa, campo-grandense de coração, que saiu do calorzão sul-mato-grossense para se aventurar nas terras geladas, conhecer a neve e, ainda, fazer os tradicionais bonequinhos.

A fisioterapeuta, de 30 anos, morou por 19 anos em Campo Grande até que, em 2017, se mudou para a cidade de Xangri-lá, localizada no litoral gaúcho. Já em 2019, foi para Vacaria (RS), cidade natal da sua mãe, e ela precisou se adaptar ainda mais depois de anos acostumada com o sol. Entre as coisas que mais sente saudade da Cidade Morena, Mariana revela que são das tardes ensolaradas que passeava no parque, do movimento da capital e, claro, das comidas. “Uma chipinha faz falta também”, brinca a fisioterapeuta.

Agora, a rotina da Mari é baseada em roupas quentes, casacos, calças térmicas e comemorar quando a temperatura chega aos 24ºC, considerado “calorzão” na região. Apesar do frio ser intenso, existem várias vantagens. Na quarta-feira (28), na última onda de frio intenso que atingiu o Rio Grande do Sul, Mariana teve a chance de conhecer a neve e realizar o sonho de brincar com os floquinhos e, ainda, se aventurar a fazer bonequinhos de neve. 

“Meu marido viajou para cidade vizinha e me mandou um vídeo que já estava caindo floquinhos de neve, mas em Vacaria nada! Quando foi umas 20h10 começou bastante flocos, aí fui para a avenida, onde eu moro, e o chão já estava branquinho, e muito forte! A sensação estava de -7, um vento bem gelado com sensação de queimadura”, recorda da surpresa que sentiu ao ver a neve caindo do céu.

Desde que se mudou para a região gaúcha, a fisioterapeuta estava ansiosa para conhecer a neve. Até seus pacientes e amigos estavam esperançosos de que o fenômeno iria acontecer esse ano novamente. Então, desde que o frio começou, a Mari não parou de olhar a previsão do tempo. Até que, enfim, o seu sonho se concretizou.

“Confesso que fiquei bem emocionada, é uma sensação bem diferente!  Os floquinhos são bem desenhados mesmo, fiquei admirando, sem acreditar que eu estava vendo tudo aquilo, tirava fotos, filmava, fazia ligação para meus pais que moram em Campo Grande, amigos... depois aproveitei para tentar fazer algum bonequinho, jogar bola de neve nos amigos e curtir um pouco”, revela. 

Questionada sobre o amor que sente por Campo Grande, Mariana afirma que foi embora com o coração apertado. Com família e amigos que moram aqui, ela sempre aproveita o fim do ano para visitar a cidade e, claro, aproveitar o sol. 

@marianarosa609

Que dia! ❤️⛄️ #riograndedosul#vacaria#neve#rs

♬ Live Forever (Remastered) - Oasis

Neve no Rio Grande do Sul 

A onda de ar frio que passa pelo Sul do país trouxe neve a, pelo menos, 14 cidades do Rio Grande do Sul, além de chuva congelada, na quarta-feira (28). 

Como você viu acima, Vacaria — onde a Mariana mora — foi uma delas. Segundo a Somar Meteorologia, também houve queda de neve em Pelotas, São Francisco de Paula, Gramado, Carlos Barbosa, Bagé, Herval, Piratini, Caxias do Sul, Marau e Farroupilha.

Em outros locais do RS houve registro de chuva congelada, que é quando as gotículas de água congelam ao deixar a nuvem, mas derretem ao tocarem o chão.

Os flocos de neve descem das nuvens em uma região que está bem fria e caem numa região da atmosfera que está quente. O fenômeno foi registrado pelo menos em Júlio de Castilhos, Nova Petrópolis, Itaara, Tupanciretã, Canguçu e Lavras do Sul.

Confira algumas fotos da Mariana aproveitando a neve no Rio Grande do Sul: 

Jornal Midiamax