MidiaMAIS

Dono de página é condenado a pagar R$ 100 mil a idoso por uso indevido de imagem

A Justiça de Goiás condenou na última sexta-feira (2), o dono da página de humor “Te Sento a Vara” a fim de pagar uma indenização de R$ 100 mil pelo uso indevido de imagem do idoso João Nunes Franco, de 91 anos morador da cidade de Cristalina, próximo ao Distrito Federal. A decisão foi expedida […]

Vinícius Costa Publicado em 03/08/2019, às 14h05

(Divulgação,TJ-GO)
(Divulgação,TJ-GO) - (Divulgação,TJ-GO)

A Justiça de Goiás condenou na última sexta-feira (2), o dono da página de humor “Te Sento a Vara” a fim de pagar uma indenização de R$ 100 mil pelo uso indevido de imagem do idoso João Nunes Franco, de 91 anos morador da cidade de Cristalina, próximo ao Distrito Federal. A decisão foi expedida pelo juiz Thiago Inácio de Oliveira, 2ª Vara da comarca de Cristalina e ainda cabe recurso.

No despacho é possível identificar que o perfil nas redes sociais usava a imagem antiga de João Nunes para fazer memes e construir frases consideradas depreciativas e preconceituosas”. A página possui pouco mais de 4,4 milhões de seguidores.

A página foi criada em 2014 e uma das frases mais conhecidas pelo público que interagia com a página era “te sento a vara moleque baitola”. Porém, após a denúncia e no entendimento do juiz, as frases ofendiam à honra do idoso.

“Os memes visualizados por centenas de dezenas de seguidores de tais redes sociais apresentam frases pejorativas, indelicadas e depreciativas, as quais envolvem diretamente a imagem do requerente, podendo lhe causar, no mínimo, constrangimento e forte desconforto”, destaca.

Jornal Midiamax