MidiaMAIS

Jogos de tabuleiros estão de volta e desenvolvedor pede apoio na web

Saga te leva a ser explorador e conquisar nações

Tatiana Marin Publicado em 14/04/2018, às 09h32 - Atualizado em 28/04/2018, às 16h09

None
Jogos de tabuleiro - Pélaghos

Jogos de tabuleiros são coisas do passado certo? Também! Porque eles resistem e estão voltando. Numa época em que o vintage é cult e Stranger Things é umas das séries preferidas, reunir os amigos para jogar em volta de uma mesa está mais que na moda.

Jogos de tabuleiro - Pélaghos
Imagem ilustrativa (Divulgação)

Por conta deste gosto, surgiu a ideia do Pélaghos e um de seus criadores, o game designer Thiago Mello, busca apoio de financiadores para levar o projeto a frente. Há mais de 3 anos ele define as regras juntamente com seu irmão Roice Mello e o amigo Ney Alencar e cria o visual com o ilustrador Guilherme Soares.

Jogos de tabuleiros estão de volta e desenvolvedor pede apoio na webAgora a equipe busca apoiadores através do Catarse, site de financiamento coletivo. Thiago calculou que seriam necessários R$ 38 mil para arcar com os custos do jogo. Em pouco mais de 2 dias, ele já conseguiu quase metade do valor com a ajuda de 64 pessoas. “Eu estava pessimista, mas com o trabalho que a gente vem fazendo, o resultado está dentro do esperado”, festeja.

Raíz sul-mato-grossense

Thiago vive em Balneário Camboriú, Santa Catarina, e já morou por 5 anos em Bonito, a 255, a 300 quilômetros de Campo Grande. Seus pais ainda moram na cidade e ele tem outros parentes que o ligam a Mato Grosso do Sul. Mas é do litoral que veio a inspiração para a temática do jogo.

A história se passa em um mundo fictício e épico e a temática é a exploração marítima, onde a pirataria é um dos elementos presentes. Neste jogo, navegar é preciso e necessário, pois nações buscam controlar o poder através das explorações. O jogador que atingir o maior número de vitórias, vence a partida.

Apesar de se tratar de um jogo de tabuleiro, essa nova geração entretenimento não tem nada em comum com War e Banco Imobiliário, a não ser o fato de serem de tabuleiro, diz o Thiago. “Os jogos modernos são mais temáticos e mais profundos”, analisa.

Jogos de tabuleiros - Pélaghos
(Foto: Divulgação)

Pélaghos está mais para os RPGs (role play games), “com uma série de regras que não são mais tão táticas, primam mais pela interação social e a questão de estratégia”, explica. O jogo é destinado para o público infanto-juvenil e adulto, sendo indicado para a partir de 12 anos.

Para ser um dos apoiadores e receber um exemplar do jogo em casa, o que Thiago acredita que deve acontecer em setembro, acesse https://www.catarse.me/pelaghos. As primeiras 100 pessoas poderão fazer o apoio promocional de R$ 230,00. Após esta cota, o valor é de R$ 240,00. A previsão é de que, quando o jogo estiver disponível para venda custe entre R$ 280,00 a R$ 299,00.

Assista ao vídeo de divulgação:

Jornal Midiamax