Comida e típica da são atrações

Unidos de máscaras de cores primárias, e em sua maioria vestindo brancas, os bolivianos da cidade de San Jose de Chiquitos revelam um pouco de sua cultura através da dança e dos cortejos “chiquitos”. O campo-grandense poderá se aproximar um pouco mais dessa cultura no próximo domingo, dia 8 de maio, durante a próxima edição do evento mensal da Praça Bolívia.

Segundo a organizadora Ingra Padilha, o Grupo de Danzas Tradicionales de San Jose de Chiquitos fará uma grande apresentação no local. “O grupo é composto por 20 pessoas, e foi convidado para uma participação especila na edição. Irá apresentar uma mostra da cultura chiquitana, região oriental da Bolívia, tais como a ‘danza del vejuco', ‘chovena', e a ‘danza de los abuelos'”, explica Ingra.

Máscaras de 'abuelos' / Foto: Divulgação

Com origem indígena, o povo chiquitano foi constituído após o século 16 pelas missões jesuítas que assolaram o país. A grande maioria deles está na Bolívia, e seus traços culturais permeiam toda a cultura que chega à fronteira boliviana junto com o Brasil. As máscaras vestidas pelos chiquitos são chamadas de “máscaras de abuelo”, entre outros nomes, e representa “San Jose” na cultura boliviana.

Evento mensal 

O evento da Praça Bolívia acontece sempre no segundo domingo do mês, porém excepcionalmente irá se realizar neste domingo, em alusão especial ao Dia das Mães. Além do grupo de danzas de San Jose de Chiquitos, o público poderá saborear a culinária do país vizinho, como a saltenha, o relleno, o mocochinche e a deliciosa chicha de maní.

Além dos quitutes bolivianos, grupos locais de dança e teatro também se apresentam. O evento começa às 9 horas. A Praça Bolívia fica no quadrante compreendido pela Rua das Garças, Barão da Torre, Dias Ferreira e Aníbal de Mendonça, no Bairro Santa Fé.

Evento acontece neste domingo / Foto: Divulgação