Geral

Vasco faz 2 nos acréscimos e evita derrota para Bragantino

O Vasco tinha a oportunidade na noite desta sexta-feira de se igualar à líder Ponte Preta no topo da Série B do Campeonato Brasileiro. Entretanto, sob os olhares de Joel Santana, que viu a partida do camarote da presidência do Vasco após ser internado para cirurgia no início desta semana, o time cruzmaltino decepcionou: em […]

Arquivo Publicado em 04/10/2014, às 01h07

None

O Vasco tinha a oportunidade na noite desta sexta-feira de se igualar à líder Ponte Preta no topo da Série B do Campeonato Brasileiro. Entretanto, sob os olhares de Joel Santana, que viu a partida do camarote da presidência do Vasco após ser internado para cirurgia no início desta semana, o time cruzmaltino decepcionou: em pleno São Januário, o Bragantino, que vinha de goleada sofrida para o Oeste, abriu vantagem de dois gols, mas viu os donos da casa chegarem ao empate por 2 a 2 com dois gols nos acréscimos, tornando o resultado ruim para ambos. .

Apesar do empate escancarar a irregularidade vascaína na temporada, o time de Joel Santana não pode sair do G-4 nesta rodada: com 48 pontos, tem a quarta posição garantida, mas vê o Ceará ficar na cola. Já o time de Bragança sobe aos 33 pontos, em 13º.

A próxima partida do Vasco é fora de casa: na terça-feira da semana que vem, visita a Portuguesa, que segue em queda livre rumo à Série C, às 21h50 (de Brasília), no Canindé. Já o Bragantino, recuperado de derrota para o Oeste, recebe o lanterna Vila Nova no mesmo dia, mas às 19h30.

O duelo começou sonolento e sem grandes oportunidades para os dois times. Apesar de ter o foco na defesa, o Bragantino conseguiu abrir o placar logo aos 21min: após cobrança de falta de Bruno Recife, Geandro apareceu bem na área e cabeceou para o fundo do gol. A abertura do placar fez o time paulista se esforçar ainda mais na marcação e o Vasco não chegou perto do empate até o intervalo, que contou com confusão em São Januário.

A volta para a etapa final mostrou um Vasco sem o meia Douglas, que saiu lesionado no fim do primeiro tempo, mas bem mais ligado no jogo. Nos primeiros 12 minutos, a equipe carioca teve quatro grandes chances em sequência – na melhor delas, a bola foi parar na trave do Bragantino aos 4min. Apesar de melhor em campo, o Vasco viu as chances diminuírem e o duelo começou a irritar o torcedor que foi ao estádio.

As oportunidades perdidas custaram caro: aos 27min, Sandro fez grande jogada e cruzou para Antônio Flávio desviar e aumentar para o Bragantino. Dois minutos depois o Vasco quase diminuiu com Marlon, mas a bola foi tirada em cima da linha. A derrota incomodou Joel Santana, que até se levantou e mostrou nervosismo no camarote presidencial, desrespeitando regras médicas.

O duelo parecia finalizado, mas os cinco minutos de acréscimos dados pela arbitragem fizeram a diferença. Aos 47min, Lucas Crispin diminuiu e deu esperança para os vascaínos. Dois minutos depois, veio o consagrado e incrível empate: o goleiro do Bragantino Matheus saiu mal do gol e Douglas Silva apareceu na área para cabecear para o gol.

Jornal Midiamax