Geral

Rubinho apresenta carro para 2014 e mira briga por vitórias

Rubens Barrichello apresentou nesta segunda-feira, em São Paulo, o carro com o qual disputará a temporada 2014 da Stock Car. O ex-piloto de Jordan, Stewart, Ferrari, Honda, Brawn e Williams na Fórmula 1 demonstrou o carro 111 da equipe Medley/Full Time, que ganhou o patrocínio da petrolífera malaia Petronas. Durante o evento do lançamento do […]

Arquivo Publicado em 10/03/2014, às 18h38

None

Rubens Barrichello apresentou nesta segunda-feira, em São Paulo, o carro com o qual disputará a temporada 2014 da Stock Car. O ex-piloto de Jordan, Stewart, Ferrari, Honda, Brawn e Williams na Fórmula 1 demonstrou o carro 111 da equipe Medley/Full Time, que ganhou o patrocínio da petrolífera malaia Petronas.

Durante o evento do lançamento do carro de Rubinho, a empresa anunciou simultaneamente a parceria a mais pilotos de outras categorias. Entre elas, Lucas Barros – que disputará a Moto 1000 GP pela equipe Alex Barros Racing – e Otávio Mesquita – que competirá na Porsche Cup. Para o piloto da Stock Car, o apoio da petrolífera malaia será fundamental para que sua equipe possa brigar por posições mais competitivas ao longo de 2014.

“É uma aliança muito forte, um nome que no mundo inteiro já vem com essa potencia toda, e vem nos ajudar para realmente constituir um budget (orçamento) de equipe forte, para com isso a gente estar lutando por vitórias. A equipe virou de grande para supergrande. A gente tem essa torcida para que isso possa acontecer”, disse Rubinho, que vê a Full Time em condições de disputar poles, pódios e vitórias com mais regularidade.

“Acho que é uma situação real. No ano passado, a gente já beliscou algumas coisinhas boas, como a pole position (Cascavel, 8ª etapa), o pódio em Salvador (segundo lugar, 4ª etapa). Agora, conhecendo um pouco mais a categoria, tendo com certeza um carro um pouco mais competitivo, acredito que a gente vai almejar por mais, que isso seja desvendado em vitorias, se Deus quiser”, acrescentou.

Em sua entrevista coletiva, Barrichello destacou o apoio da empresa e o “reforço enorme depois de um ano de aprendizado”. O tom foi semelhante ao adotado por Alex Barros, cuja equipe na Moto 1000 GP leva seu nome. Para o ex-piloto da MotoGP e das Superbikes, o patrocínio é fundamental para consolidar equipes fortes nas categorias nacionais – e, como consequência, reforçar o próprio motociclismo de base no País.

“Eu me sinto muito privilegiado. A equipe Alex Barros Racing foi criada em 2012, e a gente já conseguiu títulos na Moto GP Light. Como a Petronas é nova no Brasil, a gente espera crescer junto”, disse Alex, que conta com seu filho Lucas como piloto do time.

Lucas, 18 anos, comemorou a parceria. “É uma grande honra correr com a Petronas. Espero retribuir com ótimos resultados na pista e fora dela toda a confiança”, disse o jovem piloto, que mira um acesso ao Mundial de Motovelocidade na equipe correndo sob orientação do pai. “A gente separa bastante isso. Nas pistas, ele é literalmente chefe de equipe. Em casa, é pai. Trabalho é trabalho, e ele puxa a orelha quando precisa puxar”, analisou.

Jornal Midiamax