Geral

Produtor do Grammy pede desculpas a Trent Reznor por cortar transmissão

O produtor-executivo do Grammy, Ken Ehrlich, se desculpou publicamente com o vocalista do Nine Inch Nails, Trent Reznor, após o músico reclamar sobre o corte feito na transmissão de sua apresentação no Grammy, no último domingo (26). Na cerimônia, Reznor teve seu show abreviado, quando tocava com um supergrupo formado por Dave Grohl (Foo Fighters), […]

Arquivo Publicado em 29/01/2014, às 12h13

None

O produtor-executivo do Grammy, Ken Ehrlich, se desculpou publicamente com o vocalista do Nine Inch Nails, Trent Reznor, após o músico reclamar sobre o corte feito na transmissão de sua apresentação no Grammy, no último domingo (26).


Na cerimônia, Reznor teve seu show abreviado, quando tocava com um supergrupo formado por Dave Grohl (Foo Fighters), Josh Homme (Queens of the Stone Age) e Lindsey Buckingham (Fleetwood Mac), que encerrou o evento.


“Peço desculpas se ele ficou chateado. Fiquei realmente emocionado por finalmente tê-lo no Grammy. A jam final começou com o Arcade Fire, há alguns anos, e teve LL Cool J no ano passado. Eu queria terminar em grande estilo. E disse a eles que alongaríamos a transmissão o máximo possível. O número era de cerca de cinco, seis minutos de duração, e nós ficamos com eles até a um 1min 20s do fim. Fomos o mais longe que poderíamos”, afirmou Ehrlich em entrevista à revista “Hollywood Reporter”.


Logo depois do Grammy, o vocalista demonstrou toda a sua insatisfação em sua conta do Twitter. “Maior noite da música … para ser desrespeitada. Um F****** sincero para vocês”, disparou.


Não é a primeira vez que Reznor cospe farpas contra a maior premiação da música. Em 2011, em uma reportagem de capa da revista “The Hollywood Reporter”, o músico, vencedor do Oscar de melhor trilha sonora pelo filme “A Rede Social”, não poupou críticas. “Por que o Grammy não importa? Porque é manipulado e barato, como um concurso de popularidade em que os membros de um clube decidem.”


O músico tem o hábito de ventilar suas queixas no Twitter. Em 2013, ele disse que o produtor do festival inglês Reading, o músico Biffy Clyro, havia arruinado a apresentação do Nine Inch Nails.

Jornal Midiamax