Geral

Prefeitura inaugura UBSF na Vila Fernanda para atender 10 mil pessoas

Os moradores dos bairros Caiobá II, Vila Fernanda, Residencial João Amorim e Rivieira Park ganharam um reforço no atendimento da saúde a partir de hoje, com a inauguração, na manhã desta sexta-feira (29), da Unidade Básica da Saúde da Família Maria Ivone de Oliveira Nascimento Arakaki, situada na Vila Fernanda. A UBSF conta com 32 […]

Arquivo Publicado em 29/08/2014, às 17h45

None

Os moradores dos bairros Caiobá II, Vila Fernanda, Residencial João Amorim e Rivieira Park ganharam um reforço no atendimento da saúde a partir de hoje, com a inauguração, na manhã desta sexta-feira (29), da Unidade Básica da Saúde da Família Maria Ivone de Oliveira Nascimento Arakaki, situada na Vila Fernanda.

A UBSF conta com 32 funcionários, entre agentes comunitários, administrativos e duas equipes médicas da família. A unidade terá os serviços de clínico geral, odontologia, consulta de enfermagem, serviço social, farmácia, imunização, inalação, além de programas de saúde de prevenção, orientação, entre outros. O valor de investimento foi de R$ 1.228.719,33, sendo R$ 400 mil do Ministério da Saúde e R$ 828.719,33 de recursos próprios da Prefeitura de Campo Grande.

Serão atendidas prontamente sete mil pessoas, sendo que mais uma equipe médica será designada ao local para o atendimento passar a ser feito para 10 mil pessoas. “Cada equipe médica atende de três a quatro mil pessoas. Alguns residenciais serão inaugurados nos próximos meses aqui na região, aumentando o número de moradores, por isso nós precisaremos suprir essa demanda também”, explica a gerente da UBSF, Airvane de Oliveira Camargo.

O prefeito Gilmar Olarte destacou que as UBSFs servem para resolver os problemas de saúde onde acontecem, desafogando assim os centros regionais de saúde 24 horas e hospitais. “90% dos problemas de saúde que vocês venham a ter podem ser resolvidos aqui”, reforçou.

Aproveitando a presença da comunidade que estava na inauguração da nova unidade de saúde, a Sesau realizou diversas ações de orientação aos tabagistas, tais como: distribuição de folderes educativos; orientações sobre o tabagismo e fumo passivo; realização de teste em tabagista com o aparelho de monoxímetro para verificar a quantidade de toxinas no organismo; e ainda encaminhamento dos tabagistas para o tratamento na unidade mais próxima a residência do paciente. As atividades aconteceram durante toda manhã em alusão ao Dia Nacional de Combate ao Fumo, celebrado hoje.

Jornal Midiamax