Geral

Prefeitura estuda medidas para reduzir tempo de espera por exames de saúde

O tempo de espera por um exame na rede de saúde de Campo Grande pode chegar a até seis meses, segundo informações da própria prefeitura. O prefeito da Capital, Gilmar Olarte, afirmou na manhã desta quarta-feira que o município desenvolve um estudo, envolvendo até sua procuradoria jurídica, para reduzir o tamanho da fila de todos […]

Arquivo Publicado em 09/04/2014, às 16h31

None
726004270.jpg

O tempo de espera por um exame na rede de saúde de Campo Grande pode chegar a até seis meses, segundo informações da própria prefeitura. O prefeito da Capital, Gilmar Olarte, afirmou na manhã desta quarta-feira que o município desenvolve um estudo, envolvendo até sua procuradoria jurídica, para reduzir o tamanho da fila de todos os exames.

Na manhã desta quarta-feira, a prefeitura colocou em operação dois mamógrafos, um no CEM (Centro de Especialidades Médicas) e outro na UBS (Unidade Básica de Saúde) do Tiradentes. A promessa é reduzir, para este tipo de análise, a no máximo 15 dias o período na fila.

O prefeito não detalhou qual é a solução em estudo. No entanto, algumas medidas já vêm sendo adotadas pelo município nesta área.

Mutirões deverão ser feitos em breve para desafogar a espera por exames. A Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) também estuda convênios para dar conta da demanda.

Conforme dados atualizados da prefeitura, entre as solicitações com maiores de manda estão o raio-x e a ultrassonografia. Por estes dois tipos de exame, estão aguardando 14,4 mil e 9,6 mil, respectivamente.

Jornal Midiamax