Geral

Prefeitura aprova instalação do primeiro crematório em Mato Grosso Sul

A Prefeitura de Campo Grande publicou nesta quarta-feira (19) a concessão da licença ambiental que permite a instalação do primeiro crematório em Campo Grande, que também será o primeiro em Mato Grosso do Sul. Segundo o Diário Oficial do Município, a validade da licença é de 12 meses, a contar da assinatura que ocorreu no […]

Arquivo Publicado em 19/02/2014, às 20h43

None
242327790.jpg

A Prefeitura de Campo Grande publicou nesta quarta-feira (19) a concessão da licença ambiental que permite a instalação do primeiro crematório em Campo Grande, que também será o primeiro em Mato Grosso do Sul.

Segundo o Diário Oficial do Município, a validade da licença é de 12 meses, a contar da assinatura que ocorreu no dia 10 deste mês, que permite à empresa Crematório Campo Grande Ltda. a exercer a atividade de crematório de cadáveres humanos.

A empresa será instalada na Avenida Tamandaré, nos lotes um, dois e três, do Loteamento Monte Alto, na Capital. No ano passado foi sancionada em novembro a Lei Municipal nº 5.232/2013, que dentre outras coisas, autorizava a criação de crematórios públicos no âmbito municipal.

A lei foi de autoria do vereador Eduardo Romero (PTdoB), que argumentou ser uma alternativa ao Executivo para equacionar problemas ambientais e de espaço, visto que os três cemitérios públicos já estão no limite de lotação.

A definição para Crematório, no teor da lei, se dá pelo conjunto de edificações e instalações destinadas à incineração de corpos cadavéricos e restos mortais humanos, compreendendo câmaras de incineração e frigorífica, capela e dependências reservadas ao público e à administração.

Jornal Midiamax