Geral

Petistas discordam de sugestão de Zeca por chapa pura e consideram que seria ‘temerário’

Com a sugestão do vereador Zeca do PT na manhã de hoje (12) por uma chapa pura ao Governo do Estado, o Midiamax ouviu alguns petistas sobre o assunto e eles acreditam que uma decisão desta seria temerosa. “Definir isto neste momento é precipitado. Tem tempo até a convenção e acho temerário pelo PT definir uma […]

Arquivo Publicado em 12/02/2014, às 18h56

None

Com a sugestão do vereador Zeca do PT na manhã de hoje (12) por uma chapa pura ao Governo do Estado, o Midiamax ouviu alguns petistas sobre o assunto e eles acreditam que uma decisão desta seria temerosa.

“Definir isto neste momento é precipitado. Tem tempo até a convenção e acho temerário pelo PT definir uma chapa pura, pois isso pode afugentar os outros partidos que poderão somar conosco. Eu ainda defendo uma aliança com partidos da base de sustentação da presidenta Dilma [Rousseff]”, avaliou o deputado estadual Pedro Kemp.

Já para o deputado Amarildo Cruz, alianças devem ser feitas sim e com partidos que tenham compatibilidade de projetos. “Temos que ceder espaço, apesar do partido ser grande. Tem que fazer a discussão em cima de projetos, porque às vezes o nome é bom mas representa ideias arcais”, ressaltou.

Para o deputado estadual Laerte Tetila, ainda há tempo para discussões, mas o PT tem sim bons nomes. “Tem muitos nomes e muitos pretendentes, mas o Delcídio [do Amaral, nome do PT para o Governo] reitera que vai compor uma aliança centro-esquerda. Já tivemos experiência de chapa pura com o Zeca ao Governo, mas no quadro atual ainda falta tempo para decidir”, argumentou Tetila.

O vereador Ayrton Araújo também discordou de que deve ser chapa pura e aposta nas alianças. “Não sei se hoje o PT teria nomes para fazer isso. Mas tem que partir para as alianças, senão corre o risco de passar apertado. Tem que ter alianças na política”, afirmou.

Zeca sugeriu o presidente da Fetems, Roberto Botarelli (PT), como candidato a vice de Delcídio e deixar para os aliados o cargo a Senador, em que sugeriu os nomes do juiz federal Odilon de Oliveira, que irá se aposentar e ainda precisará se filiar a um partido político, ou o presidente da Fiems (Federação das Indústrias de MS), Sérgio Longen, do PTB.

A reportagem também tentou ouvir o vereador Alex do PT e o deputado estadual cabo Almi, mas eles não atenderam e nem retornaram.

Jornal Midiamax