Geral

Partidos pró-Eduardo Campos devem caminhar juntos na sucessão estadual em MS

A Frente Mudando o Brasil (PSB-Rede, PPS e PRP) fez um encontro político, neste sábado (12), na Assembleia Legislativa, para consolidar a união desses partidos em Mato Grosso do Sul em torno da eleição de Eduardo Campos (PSB) à Presidência da República. A sucessão estadual não foi tema do evento, mas para lideranças de PSB, […]

Arquivo Publicado em 12/04/2014, às 16h10

None
1543958074.jpg

A Frente Mudando o Brasil (PSB-Rede, PPS e PRP) fez um encontro político, neste sábado (12), na Assembleia Legislativa, para consolidar a união desses partidos em Mato Grosso do Sul em torno da eleição de Eduardo Campos (PSB) à Presidência da República. A sucessão estadual não foi tema do evento, mas para lideranças de PSB, Rede e PPS, não está descartada a possibilidade desses quatro partidos caminharem juntos também no Estado.

Uma das hipóteses é o lançamento de candidatura própria à sucessão de André Puccinelli. Um dos nomes ventilados é o da advogada Tatiana Ujacow (Rede), presidente da Comissão de Combate à Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher.

Ela explicou que, no momento, está engajada apenas na eleição de Eduardo Campos e da pré-candidata a vice Marina Silva (Rede). “O Brasil precisa de mudanças. As manifestações nas ruas indicam isso”, disse Tatiana.

A advogada contou que o programa de governo de Eduardo Campos à sucessão presidencial foi construído pelo PSB e pela Rede com a participação popular, por meio da internet. “Eu acredito que há uma ideologia que nos une, pela dignidade humana”, afirmou.

Vice-presidente regional do PSB, o ex-deputado Sérgio Assis acredita que a aliança nacional da Frente Mudando o Brasil também poderá se repetir em Mato Grosso do Sul. “Queremos uma mudança geral e a mudança começa nos municípios e no Estado”, argumentou.

A vereadora Luiza Ribeiro (PPS) afirmou que esses partidos podem lançar um candidato ao governo. “A Rede apresentou a Tatiana, que é um bom nome. E o PPS também pode ter uma alternativa”.

Em Mato Grosso do Sul, a Frente Mudando o Brasil é coordenada por Moacyr Kohl. “É nosso dever buscar a vitória do Eduardo e de Marina para mudar a história desse País”, declarou o ex-vice-governador.

Jornal Midiamax