Geral

Papa Francisco volta a se reunir com cardeais que estudam reforma da Cúria

O papa Francisco voltou a se reunir nesta segunda-feira com os membros do colégio cardinalício, também conhecido como o “G8 vaticano”, no marco da reforma da Cúria, o governo da Igreja. As reuniões entre o papa Francisco e o conselho dos oito cardeais, criado para estudar a reforma da Cúria, seguirão até a próxima quarta-feira, […]

Arquivo Publicado em 28/04/2014, às 14h54

None

O papa Francisco voltou a se reunir nesta segunda-feira com os membros do colégio cardinalício, também conhecido como o “G8 vaticano”, no marco da reforma da Cúria, o governo da Igreja.


As reuniões entre o papa Francisco e o conselho dos oito cardeais, criado para estudar a reforma da Cúria, seguirão até a próxima quarta-feira, quando terminará essa quarta rodada de encontros no Vaticano.


Como resultado da reunião precedente, realizada em fevereiro passado, o papa Francisco criou uma Secretaria de Economia para cuidar dos tramites de todas as atividades econômicas e administrativas da Santa Sé.


Desta forma, esse novo conselho substituiu a Comissão para o estudo dos problemas organizacionais e econômicos da Santa Sé (G-15). A nova secretaria é dirigida pelo arcebispo da Austrália, o cardeal George Pell, que, no último dia 5 de abril, anunciou o professor Franco Dalla Sega como consultor especial para a reorganização das finanças vaticanas.


Posteriormente, o arcebispo australiano, denominado informalmente como “ministro” de Economia do Vaticano, anunciou a adoção “das melhores práticas internacionais no âmbito financeiro” em relação ao Instituto para as Obras de Religião (IOR), conhecido como o banco vaticano.


Durante as rodadas anteriores, os cardeais anunciaram que não se limitaria a realizar “pequenos retoques” na Constituição Apostólica ‘Pastor Bonus’, que recolhe o funcionamento da Cúria, levando em consideração “a necessidade de se redigir uma nova, com novidades consistentes”.


No final de março, o papa nomeou oito membros da nova Comissão que instituiu para a tutela dos menores, um órgão cuja criação surgiu precisamente em uma das reuniões do conselho de cardeais para abordar a luta contra a pederastia.


O “G8” do Vaticano é formado pelos cardeais Giuseppe Bertello, Francisco Javier Errázuriz Ossa, Oswald Graças, Reinhard Marx, Laurent Monsengwo Pasinya, Sean Patrick O’Malley, George Pell e Andrés Rodríguez Maradiaga.

Jornal Midiamax