Geral

Nintendo aposta nos personagens clássicos no Wii U e 3DS

A crise passa longe do estande da Nintendo na E3 2014. Surpreendentemente, o grande espaço da companhia no evento têm atraído mais fãs do que as concorrentes Sony e Microsoft. A Nintendo é também o estande onde mais se vê personagens caracterizados, especialmente gente vestida com roupas de Mário e Luigi. É também onde batalhas […]

Arquivo Publicado em 12/06/2014, às 17h33

None
1565869933.jpg

A crise passa longe do estande da Nintendo na E3 2014. Surpreendentemente, o grande espaço da companhia no evento têm atraído mais fãs do que as concorrentes Sony e Microsoft. A Nintendo é também o estande onde mais se vê personagens caracterizados, especialmente gente vestida com roupas de Mário e Luigi. É também onde batalhas épicas vem sendo travadas nos exemplares disponíveis de Super Smash Bros. e Mario Party 10.


Michael Amortegui, gerente de marketing da companhia para a América Latina, prefere nem falar de crise. Michael deixa de lado os números negativos da companhia no ano passado quando a empresa amargou um prejuízo de US$ 457 milhões. Em vez disso, Michael decide focar nas inovações que a empresa trouxe para a E3 2014.


“As pessoas têm muito carinho pelos personagens que foram construídos historicamente pela Nintendo. Essa é a mágica da companhia e é tendo isso em vista que planejamos nossos produtos”, diz Michael.


É justamente investindo em jogos de franquia de sucesso que a Nintendo pretende conquistar de volta a fatia do mercado que perdeu para Sony e Microsoft, especialmente nos últimos três anos.


Entre as principais apostas da companhia está o Amiibo, bonequinhos de personagens da Nintendo que podem ser conectados com o Wii U. Para 2015, a Nintendo irá lançar um aparelho periférico que permite a conexão do Amiibo também para Nintendo 3DS.


“O mais incrível é que o mesmo bonequinho carregará características personalizadas de cada jogador”, diz Michael. Da mesma forma, o Wii U também pode enviar informações para o boneco. O usuário também pode customizar movimentos de seus personagens, expandir as habilidades táticas e fazer o personagem evoluir no game. Cada informação será registrada no HD do Wii U. Um exemplo está nas lutas no Smash Bros. entre Amiibos, que fazem com que ambos os personagens evoluam mais rapidamente do que em lutas normais.


De modo geral, o anúncio do Amiibo é uma novidade que tem agradado aos fãs da companhia na E3 e pode fazer sucesso especialmente com jogos como Super Smash Bros., Mario Kart 8, Captain Toad Treasure Tracker e Mario Party 10.


A Nintendo lançará a primeira leva do Amiibo ainda este ano. Serão dez personagens clássicos da Nintendo, como Mario, Yoshi, Pikáchu, Zelda e Donkey Kong. O Amiibo estará disponível no Natal deste nos mercados norte-americano quanto europeu, asiático e latino-americano.


“Devemos lançar um novo pacote com outros personagens no ano que vem. Tenho certeza de que o público vai gostar porque esse é o tipo de coisa que muda a experiência de jogar videogame”, diz Michael.


A Nintendo também apresentou games que apostam na interatividade entre jogadores, sobretudo em modos mutiplayers. É o caso de Mario Kart 8, Mario Party 10 e também de Splatoon, um divertido jogo de tiro que usa tinta em vez de armas. Ganha quem tiver pintado a maior parte do cenário com as cores de sua equipe.


Apostando na franquia Mario e sua galeria de personagens icônicos, está o belo visual de Yoshi’s Wooly World. Isso sem contar em Captain Toad’s Treasure Tracker, jogo em terceira pessoa protagonizado pelo Toad. O game Mario Maker também foi uma das principais novidades, pois permite que o jogador crie suas próprias fases e desafie amigos.


Tem também Hyrule Warriors, que traz personagens clássicos da série Legend of Zelda com o estilo de luta em terceira pessoa de Dynasty Warriors. O demo apresentado na E3 2014 traz uma batalha simples de defesa do castelo. Mas já dá para sentir que se trata de um jogo que promete manter a diversão de Dynasty Warriors.


Outro segmento que pode trazer bons lucros à Nintendo é o remake de Pokémon. Pokémon Omega Ruby e Alpha Sapphire serão lançados em novembro. O que traz o debate de volta para a galeria de personagens queridos do público que a Nintendo possui.


“Nossa galeria de personagens mágicos é responsável pela nossa conexão com os fãs da Nintendo. E nós não vamos desapontá-los”, finaliza o porta-voz da Nintendo. Talvez seja essa a chave para reverter os déficits dos anos anteriores e mudar de vez a trajetória da companhia.

Jornal Midiamax