Geral

Messi vale quase o dobro de Cristiano Ronaldo, diz estudo

O craque argentino Lionel Messi continua sendo o jogador mais valioso do mundo, apesar de ter perdido a Bola de Ouro deste ano, segundo um estudo de mercado publicado nesta quarta-feira. O relatório anual sobre o mercado dos jogadores CIES Football Observatory, com sede na Suíça, atribuiu a Messi um valor de 216 milhões de […]

Arquivo Publicado em 04/06/2014, às 18h06

None

O craque argentino Lionel Messi continua sendo o jogador mais valioso do mundo, apesar de ter perdido a Bola de Ouro deste ano, segundo um estudo de mercado publicado nesta quarta-feira.

O relatório anual sobre o mercado dos jogadores CIES Football Observatory, com sede na Suíça, atribuiu a Messi um valor de 216 milhões de euros (US$ 294 milhões).

Apesar da queda de rendimento de Messi na última temporada, o que reduziu o valor em 19 milhões de euros, o jogador do Barcelona vale quase o dobro que o português Cristiano Ronaldo, do Real Madrid, segundo do ranking e avaliado em 114 milhões de euros.

O CIES explica que a nota de Messi é maior principalmente porque ele é mais jovem. O argentino completará 27 anos ainda este mês, contra 29 do astro lusitano. A grande temporada de Cristiano Ronaldo, incluindo a conquista da Liga dos Campeões da Europa com o Real Madrid, representou um aumento de quatro milhões de euros na avaliação dele.

O estudo também mostra que o Real Madrid fez o pior negócio (em termos de mercado) por apenas um jogador, quando gastou 100 milhões de euros ao contratar o galês Gareth Bale junto ao Tottenham. “O Real Madrid pagou um custo excessivo para convencer o Tottenham”, afirma o CIES, para o qual o valor de mercado de Bale é 37 milhões de euros menor que o valor pago pelo clube espanhol.

O Real Madrid gastou em média 32,3 milhões de euros por jogador para construir a equipe que conquistou a “La Décima” (10º título da Liga dos Campeões), o que representa o time mais caro da história. O vice-campeão Atlético de Madrid, que conquistou este ano o Campeonato Espanhol, tinha um time com média de 4,3 milhões de euros por jogador.

Jornal Midiamax