Geral

Inquérito apura eventual degradação ambiental por escola de equitação

O Ministério Público Estadual instaurou inquérito civil para investigar uma escola de equitação, localizada na Chácara dos Poderes, em Campo Grande, para apurar eventual degradação ambiental decorrente do desmatamento com uso de fogo. A decisão foi divulgada hoje por meio de Diário Oficial. A Hípica Soberano, que fica a 1.000 metros da Uniderp Agrárias, existe […]

Arquivo Publicado em 09/01/2014, às 14h01

None

O Ministério Público Estadual instaurou inquérito civil para investigar uma escola de equitação, localizada na Chácara dos Poderes, em Campo Grande, para apurar eventual degradação ambiental decorrente do desmatamento com uso de fogo. A decisão foi divulgada hoje por meio de Diário Oficial.


A Hípica Soberano, que fica a 1.000 metros da Uniderp Agrárias, existe desde julho de 2005 e ensina equitação para crianças, jovens e adultos.


O inquérito foi aberto pela 34ª Promotoria de Justiça da Comarca de Campo Grande, Núcleo das Promotorias de Justiça do Pantanal e da Bacia do Paraná.


Outro lado – A escola de equitação afirmou ao Midiamax que não promoveu nenhuma queimada e explicou que funciona em uma chácara arrendada.


Ainda segundo a Hípica Soberano, desde a inauguração, a única alteração feita na chácara de 1 hectare foi a construção de um barracão.

Jornal Midiamax