Geral

Indicado ao TCE, Osmar Jerônymo continuará na Casa Civil por mais alguns meses

O chefe da Casa Civil do governo estadual, Osmar Jerônymo, indicado para assumir uma vaga no TCE (Tribunal de Contas do Estado), deverá permanecer no cargo nos próximos meses. A afirmação é do governador de Mato Grosso do Sul, André Puccinelli. Puccinelli disse, na manhã desta terça-feira, que vai manter Jerônymo no cargo por tempo […]

Arquivo Publicado em 15/04/2014, às 14h28

None
1446903261.jpg

O chefe da Casa Civil do governo estadual, Osmar Jerônymo, indicado para assumir uma vaga no TCE (Tribunal de Contas do Estado), deverá permanecer no cargo nos próximos meses. A afirmação é do governador de Mato Grosso do Sul, André Puccinelli.

Puccinelli disse, na manhã desta terça-feira, que vai manter Jerônymo no cargo por tempo indeterminado. Isto porque, segundo o governador, precisa do trabalho dele por conta da “magnitude e quantidade de obras” conduzidas atualmente pelo governo estadual.

O secretário deverá ser liberado das funções na Casa Civil somente quando a demanda do Executivo for reduzida, reforçou Puccinelli.

Jerônymo tem vaga garantida no TCE. Ele foi indicado para o lugar do conselheiro José Ancelmo dos Santos, que se aposentou do órgão ao completar 70 anos de idade.

A indicação foi aprovada, por unanimidade, no dia 26 de fevereiro. Seu desligamento do governo, no entanto, agora aguarda o aval do governador.

Jornal Midiamax