Geral

Frente polar deixa 140 milhões de americano abaixo de zero

Os Estados Unidos registram neste domingo um dos dias mais frios das últimas décadas por conta da entrada de uma frente polar ártica que colocou cerca de 140 milhões de americanos para viver em temperaturas abaixo de zero. O país tem sido atingido por fortes e frios ventos através do meio oeste do país que […]

Arquivo Publicado em 05/01/2014, às 20h55

None

Os Estados Unidos registram neste domingo um dos dias mais frios das últimas décadas por conta da entrada de uma frente polar ártica que colocou cerca de 140 milhões de americanos para viver em temperaturas abaixo de zero.

O país tem sido atingido por fortes e frios ventos através do meio oeste do país que se somaram às consequências da tempestade “Hércules”, a qual sacudiu a costa leste ao longo da semana causando a morte de, pelo menos, 16 pessoas.

O Serviço Nacional de Meteorologia informou ter registrado neste domingo – 22º C em uma cidade de Dakota do Norte, e – 30º C em um município de Minnesota.

“É um frio perigoso”, advertiu hoje Butch Dye, especialista do Serviço Meteorológico Nacional.

Os estados do Missouri, Michigan, Kentucky, Tennessee e Illinois sofreram nevascas durante a madrugada e agora enfrentam fortes rajadas de vento gelado que está criando grossas camadas de gelo.

De acordo com especialistas, o país não registra temperaturas deste tipo há duas décadas. As autoridades sanitárias lembram que existe risco de hipotermia, e pedem que à população só vá à rua se necessário, e com as vestimentas adequadas, e que não permaneçam parados à intempérie durante muito tempo.

Segundo o site FlightAware, que registra voos em tempo real, somente no dia de hoje já ocorreram mais de seis mil atrasos e mais de 2.500 cancelamentos de voos, a maioria provocados pelo gelo e pelas fortes rajadas de vento que deixam impraticáveis as pistas de aterrissagem.

Jornal Midiamax