Geral

Família de jovem com paralisia degenerativa agradece as doações para custear despesas

A família de Roberto Silas Santos, 38, que tem paralisia cerebral degenerativa agradece ao Midiamax por publicar uma matéria divulgando que a família precisa de ajuda para custear tratamento com o rapaz. Em dezembro, a mãe Rita de Jesus da França, de 71 anos, fez um apelo para que as pessoas a ajudassem com os […]

Arquivo Publicado em 20/02/2014, às 14h26

None
656523089.jpg

A família de Roberto Silas Santos, 38, que tem paralisia cerebral degenerativa agradece ao Midiamax por publicar uma matéria divulgando que a família precisa de ajuda para custear tratamento com o rapaz.

Em dezembro, a mãe Rita de Jesus da França, de 71 anos, fez um apelo para que as pessoas a ajudassem com os custos com as despesas com o filho que são elevadas e ela afirma que depois da matéria eles receberam muitas doações.

A mãe há nove anos se dedica em cuidar do filho em tempo integral e como a doença avança os custos com ele ficaram muito caros e dificultou para a família. De acordo com a irmã, Rosimeire Santos Haovila, 46 anos, a matéria teve um grande retorno e que recebeu muitas ligações de pessoas querendo ajudar.

“Depois da matéria do Midiamax recebi várias ligações de pessoas fazendo doações para nos ajudar com o Roberto, não tenho como agradecer o espaço que o jornal deu para nos ajudar. Foram muitas doações e isso devemos à matéria que foi divulgada”, afirma.

Segundo a irmã apenas a fonoaudióloga que não conseguiram para tratá-lo, mas os remédios, fraldas e a alimentos foram doados. A família ainda faz apelo para que as pessoas continuem ajudando com as doações porque as despesas são mensais e a família não tem condições de comprar tudo que ele precisa.

Doações

Para as pessoas que queiram fazer doações para ajudar nas despesas de Roberto podem ir até a residência dele na Rua Jaguarão, 964, bairro Monte Castelo, e assim comprovar as condições que ele se encontra. Também podem depositar em conta bancária na Ag: 2228 e C/C: 22342-2 da Caixa econômica Federal ou ligar no 9261-0308 e falar com Rose.

Jornal Midiamax