Geral

Extra tem produtos impróprios para o consumo recolhidos após denúncia

Após denúncia feita por consumidor, ação conjunta do Ministério Público Estadual (MPE) com a Vigilância Sanitária, Procon e Polícia Civil (Decon – Delegacia do Consumidor) recolheu nesta quarta-feira (11) diversos produtos impróprios para consumo no Extra da Rua Joaquim Murtinho. A “batida” começou no início da manhã. Os fiscais encontraram produtos vencidos, abertos e impróprio...

Arquivo Publicado em 11/06/2014, às 17h10

None
1412141487.jpg

Após denúncia feita por consumidor, ação conjunta do Ministério Público Estadual (MPE) com a Vigilância Sanitária, Procon e Polícia Civil (Decon – Delegacia do Consumidor) recolheu nesta quarta-feira (11) diversos produtos impróprios para consumo no Extra da Rua Joaquim Murtinho.

A “batida” começou no início da manhã. Os fiscais encontraram produtos vencidos, abertos e impróprios para consumo, como congelados fora da temperatura sugerida pelo fabricante. O hipermercado pode ser notificado e até autuado pela 25ª Promotoria de Justiça, dependendo da quantidade de produtos vencidos.

Funcionário da Decon explicou que além de produtos alimentícios, há outras denúncias a averiguar, como propaganda enganosa ou venda de produto abaixo de seu preço porque a validade está expirando. “O consumidor não pode ser induzido ao erro. É um direito dele”, frisou.


Jornal Midiamax