Geral

Exclusivo: Vídeo feito com drone mostra incêndio que consumiu fábrica de piscinas

Bombeiros chegaram a arrombar um canil para salvar um cachorro durante o incêndio que não teve vítimas

Arquivo Publicado em 14/02/2014, às 21h55

None

Bombeiros chegaram a arrombar um canil para salvar um cachorro durante o incêndio que não teve vítimas

De proporções enormes, o incêndio em uma fábrica de piscinas, localizada na saída para Três Lagoas, exigiu um atendimento sobrecomum do Corpo de Bombeiros. No combate do incêndio, a corporação utilizou aproximadamente 100 mil litros de água e precisou direcionar ao local 70 homens, entre eles 50 militares e outros 20 alunos soldados. O incidente foi registrado acidentalmente por um drone, que realiza um monitoramente móvel por câmera, em um veículo na Capital.


Segundo proprietária da Aqua New Piscinas, Dirce Maria Bernardes, o fogo teria sido iniciado por um problema na Rede de Alta Tensão próximos ao local. A Enersul, porém, nega uma relação da distribuição externa da energia com o incêndio, e afirma não ter havido nenhuma registro de problema no sistema.


Nenhuma pessoa se feriu com o incêndio, que prejudicou o maquinário da fábrica e durou por cerca de duas horas. A fumaça vista pela câmera móvel atingiu pelo menos 50 metros de altura. Os Bombeiros utilizaram viaturas especiais no atendimento e contaram com o reforço da Águas Guariroba, que levou um reservatório de água.


O trânsito precisou ser desviado nas imediações do incêndio, fazendo com que os condutores precisassem passar pelo Jardim Panorama, para sair no Residencial Maria Aparecida Pedrossian. A fumaça preta


Veja no vídeo as imagens do incêndio:


Jornal Midiamax