Embaixadora dos EUA na Líbia nega saque em embaixada

A embaixadora dos Estados Unidos na Líbia, refugiada em Malta após a evacuação dos funcionários diplomáticos no fim de julho, indicou neste domingo que apenas um anexo residencial da embaixada foi invadido por milícias islamitas em Trípoli. Deborah Jones declarou através de sua conta no Twitter que o complexo não foi saqueado. “Meu conhecimento é […]
| 31/08/2014
- 22:30
Embaixadora dos EUA na Líbia nega saque em embaixada

A embaixadora dos Estados Unidos na Líbia, refugiada em Malta após a evacuação dos funcionários diplomáticos no fim de julho, indicou neste domingo que apenas um anexo residencial da embaixada foi invadido por milícias islamitas em Trípoli.

Deborah Jones declarou através de sua conta no Twitter que o complexo não foi saqueado.

“Meu conhecimento é que, depois de ver imagens recentes, o complexo da embaixada americana em Trípoli está bem protegido e não foi saqueado”, explicou.

A embaixadora se refere a um vídeo publicado na internet que mostra um grupo de homens, alguns armados, em varandas e ao redor de uma piscina, onde alguns nadam diante dos aplausos de seus companheiros.

Os Estados Unidos retiraram seus funcionários diplomáticos da Líbia no dia 26 de julho, depois que o país foi palco de violentos combates entre milícias rivais na estrada que leva ao aeroporto da capital, Trípoli.

Últimas notícias