Geral

Edil Albuquerque diz que pode voltar para a Câmara depois de ‘deixar a casa em ordem’

Vereador licenciado, o secretário Edil Albuquerque (Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Turismo e Agronegócio) disse, neste sábado (24), que pode voltar à Câmara Municipal de Campo Grande. O retorno, no entanto, não está definido e nem seria imediato. Edil afirmou que aceitou retornar à Sedesc, cargo que ocupou na gestão Nelson Trad Filho, para retomar […]

Arquivo Publicado em 24/05/2014, às 12h43

None

Vereador licenciado, o secretário Edil Albuquerque (Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Turismo e Agronegócio) disse, neste sábado (24), que pode voltar à Câmara Municipal de Campo Grande. O retorno, no entanto, não está definido e nem seria imediato.


Edil afirmou que aceitou retornar à Sedesc, cargo que ocupou na gestão Nelson Trad Filho, para retomar projetos importantes abandonados na administração Alcides Bernal. “Quando eu aceitei a secretaria ficou claro a possibilidade de retorno”, disse. “O que importa é agora é retomar os 110 processos parados, garantir 8 mil empregos e o investimento”, acrescentou.


O vereador licenciado também disse não haver relação entre a possível saída dele da secretaria e eventuais descontentamentos do PMDB ou mesmo com a situação de instabilidade na Prefeitura por conta das decisões judiciais envolvendo o comando da administração municipal.


Caso ele retorne à Câmara, o suplente Loester Nunes (PMDB) perderá o cargo.




Jornal Midiamax