Geral

Disputar sabendo que vai perder é enganar a população, dispara Jerson sobre Nelsinho

O presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, deputado estadual Jerson Domingos (PMDB), criticou a insistência do pré-candidato ao governo do PMDB, ex-prefeito de Campo Grande Nelsinho Trad (PMDB). Na avaliação do parlamentar, este não é o momento do peemedebista e, sim, do petista senador Delcídio do Amaral. Apesar de não ter certeza […]

Arquivo Publicado em 08/04/2014, às 16h02

None
414432563.jpg

O presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, deputado estadual Jerson Domingos (PMDB), criticou a insistência do pré-candidato ao governo do PMDB, ex-prefeito de Campo Grande Nelsinho Trad (PMDB).


Na avaliação do parlamentar, este não é o momento do peemedebista e, sim, do petista senador Delcídio do Amaral. Apesar de não ter certeza sobre o pensamento de Nelsinho, Jerson disse que sair para disputa sabendo que vai perder é enganar a população.


“Você insistir naquilo quando o momento não é oportuno para dizer ‘eu tenho que participar dessas eleições porque eu tenho que estar em evidência’ para um projeto para depois é enganar a população. Ir para uma eleição sabendo que vou perdê-la projetando alguma coisa para o futuro eu to enganando o eleitor que acreditou na minha proposta quando a minha intenção não é real”, afirmou o presidente.


Jerson colocou em questão se não poderia ser outro nome do PMDB para disputar o governo do Estado. “Não poderia ser a Simone? É um ponto de interrogação. Mas poderia ser o (Júnior) Mochi, eu, qualquer um filiado ao PMDB”, pontuou.


Apesar de ser o PMDB e já ter declarado apoio ao pré-candidato do PT, Jerson afirma que não é uma opinião dele, mas da classe política a preferência pelo petista. “Não é o Jerson que está dizendo isso, é a classe política. É o sentimento que tem toda a classe política neste momento”, acrescentou.


Senado


Apesar do apoio ao petista, Jerson disse que vai trabalhar para a candidatura da vice-governadora, Simone Tebet (PMDB), ao Senado. “Vejo alguns prefeitos seguidores do André, seguindo e atendendo um pedido do André pela Simone. Acho que é a chapa (da Simone) de agrado de grande parte da classe política”, finalizou.

Jornal Midiamax