Geral

Dimaster não tem vínculo com fraudes em licitações em Campo Grande

A empresa Dimaster Comércio de Produtos Hospitalares não tem vínculo com as empresas investigadas por superfaturamento em licitações para venda de medicamentos e material hospitalar para a prefeitura de Campo Grande, como havia publicado inicialmente o Midiamax em reportagem de 21 de maio de 2013. Na reportagem, a empresa foi citada como participante de máfia de […]

Arquivo Publicado em 18/02/2014, às 12h07

None

A empresa Dimaster Comércio de Produtos Hospitalares não tem vínculo com as empresas investigadas por superfaturamento em licitações para venda de medicamentos e material hospitalar para a prefeitura de Campo Grande, como havia publicado inicialmente o Midiamax em reportagem de 21 de maio de 2013.


Na reportagem, a empresa foi citada como participante de máfia de medicamentos por vencer licitação na prefeitura de Campo Grande, em maio de 2011. À época, foi feita menção à suposta investigação da Polícia Federal em Santa Cantarina e da Controladoria Geral da União.

Todavia, em recente apuração junto à Polícia Federal e demais órgãos competentes, constatou-se que a Dimaster não foi investigada e, portanto, não participou da chamada “Operação Saúde”, excluindo-se qualquer envolvimento desta com empresas do grupo econômico pertencente à Dalci Filipetto e Sulmedi Distribuidora de Produtos Hospitalares Ltda.

Jornal Midiamax