Geral

Depois de briga de casal, homem é esfaqueado por padrasto do namorado da filha

Filha ligou para o pai depois de ser agredida pelo namorado. Homem foi defender a filha e acabou esfaqueado pelo padrasto do genro. Vítima foi encaminhada para Santa Casa.

Arquivo Publicado em 13/09/2014, às 21h24

None

Filha ligou para o pai depois de ser agredida pelo namorado. Homem foi defender a filha e acabou esfaqueado pelo padrasto do genro. Vítima foi encaminhada para Santa Casa.

Um homem foi esfaqueado durante uma briga com o namorado da filha na tarde deste sábado (13), no loteamento Vespasiano Martins em Campo Grande. Segundo testemunhas, o responsável pelo crime seria o padrasto do jovem que foi defender o entedeado.

De acordo com a Polícia Militar, por volta das 15h30, José Ademir, de 40 anos, recebeu uma ligação da sua filha reclamando que tinha sido agredida pelo namorado, Alessandro Roberto de Mello, de 26 anos. Revoltado, o pai se deslocou até a casa do jovem para tirar satisfação e os dois entraram em luta corporal.

O companheiro da mãe de Alessandro, identificado como Leonardo Vaques, de 54 anos, foi interferir na briga e desferiu três golpes de faca nas costas da vítima com a intenção de defender o enteado das agressões de José.

A vítima foi socorrida por familiares e levada para o Posto de Saúde do Bairro Aero Rancho. Os enfermeiros acionaram a polícia em virtude da gravidade dos ferimentos. Ademir foi transferido para a Santa Casa de Campo Grande.

Leonardo fugiu em uma moto logo após o crime e ainda não foram localizados. O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Piratininga como homicídio doloso na forma tentada, quando há intenção de matar.

Jornal Midiamax