Geral

Chapa pura no PT está fora de cogitação, avisa Delcídio após proposta de Zeca

O senador Delcídio do Amaral (PT) descartou compor chapa pura na disputa pelo governo do Estado neste ano. Para o petista, não dar espaço aos aliados para cargos nas majoritárias atrapalha aliança com novos parceiros. A ideia foi do ex-governador e hoje vereador de Campo Grande, Zeca do PT. “Fora de cogitação ser chapa pura. Isso […]

Arquivo Publicado em 17/02/2014, às 11h15

None
1738704322.jpg

O senador Delcídio do Amaral (PT) descartou compor chapa pura na disputa pelo governo do Estado neste ano. Para o petista, não dar espaço aos aliados para cargos nas majoritárias atrapalha aliança com novos parceiros. A ideia foi do ex-governador e hoje vereador de Campo Grande, Zeca do PT.

“Fora de cogitação ser chapa pura. Isso afasta os aliados”, afirmou o pré-candidato do PT a governador.

A sugestão de chapa pura foi de Zeca do PT. A composição seria Delcídio encabeçando a chapa, o presidente da Fetems, Roberto Botarelli, como a vice. Para os aliados restaria a vaga ao Senado, além das coligações proporcionais para deputado federal e estadual.

Zeca ainda sugeriu dois nomes para disputar o cargo de senador: o juiz federal Odilon de Oliveira, que irá se aposentar e precisará se filiar a um partido político, ou o presidente da Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul (Fiems), Sérgio Longen (PTB).

Esta composição, para Delcídio, não é vantajoso nem para ele e nem para o partido. O senador tem conversado com lideranças de diversos partidos, mas ainda não deu sinais de possíveis aliados.

Jornal Midiamax