Geral

Caso de tratorista desaparecido em MS segue sem novidades mesmo após caso ser noticiado

Mesmo após a família levar o caso a público com matéria publicada sexta-feira (21), o tratorista Jorge de Ávila, 35 anos, segue desaparecido. Jorge tomava conta de chácara em lote de um assentamento em Bela Vista e foi visto pela última vez no Bar do Gilsão dia 29 de dezembro. Desde então ele e sua moto não foram […]

Arquivo Publicado em 25/02/2014, às 12h14

None
471162555.jpg

Mesmo após a família levar o caso a público com matéria publicada sexta-feira (21), o tratorista Jorge de Ávila, 35 anos, segue desaparecido. Jorge tomava conta de chácara em lote de um assentamento em Bela Vista e foi visto pela última vez no Bar do Gilsão dia 29 de dezembro. Desde então ele e sua moto não foram mais encontrados.


A família de Jorge cobra respostas da Polícia Civil de Bela Vista, que investiga o caso. Segundo o cunhado de Jorge, Eduardo Baliero, de 36 anos, já faz dois meses que a família não recebe informações sobre o andamento das investigações.


Eduardo conta que a família tem suspeitas de desafetos do tratorista, mas evita acusações. Jorge assumiu a chácara depois da morte de seu padrasto, há sete meses. Desde então, prestava serviços como tratorista para seu vizinho.


A reportagem entrou em contato com a Polícia Civil de Bela Vista, que declarou não poder passar informações por telefone. “Precisamos de ajuda, não temos para onde correr”, pede Eduardo.


(Matéria editada dia 26 de fevereiro às 08h13 para correção de informações)



Jornal Midiamax