Geral

Caminhonete bate em poste na Júlio de Castilhos e trecho ficará interditado por duas horas

Caminhonete Ford Ranger vermelha, placas HRL-7020, de Campo Grande, conduzida por Leonardo Guimarães da Silva, 25, bateu violentamente contra poste na Avenida Júlio de Castilhos, nas proximidades da Avenida Presidente Vargas, por volta das 5h45. Leonardo, que estava acompanhado de amigo, perdeu o controle do veículo, e apresentava visível estado de embriaguez. Ele sofreu ferimen...

Arquivo Publicado em 14/02/2014, às 11h05

None
1343018101.jpg

Caminhonete Ford Ranger vermelha, placas HRL-7020, de Campo Grande, conduzida por Leonardo Guimarães da Silva, 25, bateu violentamente contra poste na Avenida Júlio de Castilhos, nas proximidades da Avenida Presidente Vargas, por volta das 5h45.

Leonardo, que estava acompanhado de amigo, perdeu o controle do veículo, e apresentava visível estado de embriaguez. Ele sofreu ferimentos leves e foi encaminhado para a Depac Centro.

O poste foi arrancado na base e só está sendo sustentado pela própria fiação. De acordo com funcionários da Enersul, não será necessário o desligamento de energia da região. O poste será apenas escorado e a programação é para que seja trocado entre amanhã e domingo, para não prejudicar o comércio local.

Interditado

A polícia e o Batalhão de Trânsito estão no local fazendo levantamentos e interditaram a Júlio de Castilhos, entre a Rua Crisântemos até a Presidente Vargas, no sentido centro/bairro. Segundo policiais, o trecho ficará interditado por mais aproximadamente duas horas.

Os comerciantes da região reclamaram por estarem se sentindo prejudicados, já que os carros não podem chegar até as lojas.

A empresária Vera Lúcia Terra, 46, proprietária de centro automotivo já percebe que está sofrendo prejuízo com a impossibilidade da chegada dos clientes até a oficina. “Tinha cliente agendado que não vai poder vir. E agora como fica?”, indagou

Jornal Midiamax