Geral

BBB14: Frase de Aline sobre tragédia de Santa Maria repercute na web e revolta RS

Parece que os BBBs não têm mesmo noção da repercussão de suas frases e comportamentos dentro do reality show. Depois das declarações polêmicas de Cássio, Franciele e Diego, que levou Pedro Bial a falar sobre casais gays no programa ao vivo, uma frase de Aline provocou revolta nas redes sociais. Enquanto especulavam sobre o que […]

Arquivo Publicado em 11/03/2014, às 11h32

None

Parece que os BBBs não têm mesmo noção da repercussão de suas frases e comportamentos dentro do reality show. Depois das declarações polêmicas de Cássio, Franciele e Diego, que levou Pedro Bial a falar sobre casais gays no programa ao vivo, uma frase de Aline provocou revolta nas redes sociais.

Enquanto especulavam sobre o que seria a nova estrutura no pátio da casa no sábado (8), Diego disse que talvez fosse uma espécie de boate e a sister soltou: “Não vale (ser como) Santa Maria. Pegar um foguinho”.

“Foi uma frase infeliz dessa moça, que ainda por cima é gaúcha. Que sentimento ela teve com essa tragédia que abalou todo país? Fiquei muito triste. Eu e toda a cidade se Santa Maria ficamos sentidos com a declaração. O nosso consolo é que quem fala um coisa dessa acaba arcando com as suas consequências e essa moça vai ter… Vai ter não, já tem a repúdio da mídia e da sociedade”, disse Adherbal Ferreira, presidente da Associação dos Familiares de Vítimas e Sobreviventes da Tragédia de Santa Maria (AVTSM).

Em entrevista ao UOL, no início de noite desta segunda-feira, Adherbal revelou que não viu o vídeo com a declaração de Aline, mas soube pelas redes sociais e pelos comentários dos familiares e amigos das vítimas da tragédia de Santa Maria. “Ninguém gostou. As pessoas precisam ter cuidado, ter carinho e respeito com a família desses jovens que morreram e, infelizmente, acabaram virando heróis. Eles morreram, mas depois dessa tragédia, a segurança das boates e dos lugares fechados nunca mais foram as mesmas”.

Por enquanto, a AVSTM não pretende entrar juridicamente contra a Aline nem o programa. “O programa não tem culpa, mas ela sim. Não descartamos a hipótese de acioná-la juridicamente pela frase. Vamos ver. Se aparecer um grupo grande de pais e amigos, teremos que decidir em conjunto a medida que iremos tomar, mas se um associado quiser entrar sozinho contra a sister, não vou me opor”, disse.

Jornal Midiamax