Geral

Apesar do avanço no setor leiteiro, senador admite que Estado tem muito a fazer

A entrega de patrulhas mecanizadas para 12 municípios, na manhã desta segunda-feira (27), foi lembrado pelo governador André Puccinelli (PMDB) como grande avanço para o setor leiteiro na região central do Estado. No entanto, o senador Moka (PMDB) admitiu que o setor ainda necessita de mais investimentos do governo. “Ainda falta atender alguns assentamentos, o […]

Arquivo Publicado em 27/01/2014, às 15h13

None
1429945391.jpg

A entrega de patrulhas mecanizadas para 12 municípios, na manhã desta segunda-feira (27), foi lembrado pelo governador André Puccinelli (PMDB) como grande avanço para o setor leiteiro na região central do Estado. No entanto, o senador Moka (PMDB) admitiu que o setor ainda necessita de mais investimentos do governo.


“Ainda falta atender alguns assentamentos, o quilombola”, admitiu Moka. Apesar disso, Puccinelli afirmou que o Estado já entregou 150 ordenhadeiras, 179 resfriadores de leite, 64 motoniveladoras – sendo 30 compradas com recursos próprios -, 500 kits de irrigação, totalizando R$ 81 milhões em investimento para o setor.


Hoje, os municípios de Bandeirantes, Camapuã, Campo Grande, Corguinho, Dois Irmãos do Buriti, Itaporã, Jaraguari, Ribas do Rio Pardo, Rio Brilhante, Rochedo, São Gabriel do Oeste e Sidrolândia receberam um conjunto composto por trator, grade aradora e carreta. O governo ainda vai entregar mais equipamentos em Aquidauana e Navirai.


“Estado que progride é Estado que produz. A população ganha, os produtores ganham, o governo ganha por causa dos tributos gerados quando se produz”, afirmou Puccinelli.


As máquinas foram compradas por meio de parceria entre governo estadual e Superintendência de Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco). Elas fazem parte de um total de 28 conjuntos agrícolas, adquiridos com investimento de R$ 3.379,600.


A secretária de Estado de Desenvolvimento Agrário, Produção, Indústria Comércio e Turismo (Seprotur), Tereza Cristina Corrêa da Costa Dias, cobrou também da indústria do leite o retorno do investimento do governo do Estado no setor. “O governo deu incentivo para a indústria de leite, agora precisamos cobrar das indústrias um preço bom e justo”, pontuou a secretária.

Jornal Midiamax