Geral

André recua mais uma vez e diz que só é candidato ao Senado ‘se os 79 prefeitos pedirem’

A um mês do prazo final para renunciar ao cargo caso queira disputar o Senado, o governador André Puccinelli voltou, nesta sexta-feira (7), a levantar dúvidas sobre a sua decisão. Ele participa neste momento de solenidade de formatura de sargentos, no Palácio Tiradentes, sede do Comando-Geral da Polícia Militar, no Parque dos Poderes. Puccinelli afirmou […]

Arquivo Publicado em 07/03/2014, às 11h38

None

A um mês do prazo final para renunciar ao cargo caso queira disputar o Senado, o governador André Puccinelli voltou, nesta sexta-feira (7), a levantar dúvidas sobre a sua decisão. Ele participa neste momento de solenidade de formatura de sargentos, no Palácio Tiradentes, sede do Comando-Geral da Polícia Militar, no Parque dos Poderes.

Puccinelli afirmou que o PMDB quer a vice Simone Tebet no Senado, mas que ele pode se tornar o candidato, caso “os 79 prefeitos venham me pedir”. “A Simone é a candidata ao Senado, estou investindo nos novos”, disse.

Questionado se o pré-candidato do PT, Delcídio do Amaral, não seria também um “novo”, Puccinelli tratou de lembrar que o senador foi ministro do presidente Itamar Franco.

Jornal Midiamax