Geral

Amigos desconhecem abuso sexual que Vagner diz ter sofrido na infância

O último paredão triplo da fase “turbo” do “BBB14”, que ocorrerá na noite desta terça-feira (28), promete ser tão polarizado quanto o último. No páreo estão os participantesFranciele, Vagner e Cássio. De acordo com a enquete promovida pelo UOL, até o momento, Fran e Vagner estão virtualmente empatados com 40% dos votos. A disputa apertada, […]

Arquivo Publicado em 28/01/2014, às 21h10

None

O último paredão triplo da fase “turbo” do “BBB14”, que ocorrerá na noite desta terça-feira (28), promete ser tão polarizado quanto o último. No páreo estão os participantesFranciele, Vagner e Cássio. De acordo com a enquete promovida pelo UOL, até o momento, Fran e Vagner estão virtualmente empatados com 40% dos votos.

A disputa apertada, no entanto, não está tirando o sono dos amigos e familiares de Vagner. “Somos muito religiosos e entregamos a Deus”, disse Alessandro Casaroli, amigo do brother há 22 anos. “Passamos a madrugada votando. Hoje reuniremos mais de 100 pessoas no buffet infantil do qual o Vagner é sócio, para assistirmos ao programa”, revelou. A mãe do brother, dona Lourdes, de 70 anos, já embarcou para o Rio de Janeiro para acompanhar ao vivo. “Falei com ela agora a pouco e ela está meio atordoada. Mas está confiante”, disse.

Caso Vagner sobreviva ao paredão e retorne para o programa, Alessandro garantiu que o amigo irá começar a jogar de verdade. “Depois dessa, ele vai começar a jogar. As máscaras estão caindo”, disparou.

A fé pela permanência do brother no “BBB” não vem apenas dos familiares. Vagner também pediu ajuda a Deus. Na manhã desta terça-feira, ele ajoelhou e pediu pela proteção divina. “Vagner já fez o caminho de Santiago de Compostela, na Espanha, três vezes. Ele também já peregrinou de Pirituba até a cidade de Aparecida, no interior de São Paulo”, lembrou o amigo.

O assunto que dominou o dia, no entanto, foi a polêmica revelação feita por Vagner na noite dessa segunda-feira (27) de que ele teria sido abusado sexualmente no colégio. Porém, tanto Alessandro, quanto Alexandro Micale, que é amigo do brother desde quando eles tinham sete anos de idade, disseram desconhecer o fato. Alexandro atualmente mora em Londrina.

“O Vagner nunca contou essa história para mim”, disse Alexandro. “Hoje em dia todo mundo faz o maior carnaval em cima da homossexualidade. Acho que o Vagner falou isso brincando. Ele é um ‘farrista'”, garantiu o amigo. Na tarde de ontem, o brother teria dito sem detalhar o que faziam com ele, que “eles me ofereciam dog [hot dog] e refrigerante”. Ao ouvir Vagner falando isso, Alexandre disse que deu gargalhadas. “Ele falou para ‘causar’. Imagine, por causa de um hot-dog?”, questionou.

Em São Paulo, Alessandro também disse desconhecer o assunto. “Acho que nem a mãe dele sabe dessa história”, pontou. Porém, ele não descartou totalmente a hipótese. “Uma vez o Vagner comentou algo desse tipo comigo, mas não entrou em detalhes”, ponderou.

As enquetes do UOL não têm valor de amostragem científica e não interferem no andamento do programa.

Jornal Midiamax