Geral

Vigilante mata estagiária a tiros na Defensoria Pública de Uberlândia

Uma jovem de 22 anos foi morta a tiros nesta sexta-feira (6) no prédio da Defensoria Pública da União de Uberlândia, no Triângulo Mineiro. O autor dos disparos é um vigilante que trabalha no local. Segundo a Polícia Militar a vítima era estagiária na Defensoria e teria um relacionamento com o vigilante. Hoje, durante uma […]

Arquivo Publicado em 07/12/2013, às 20h22

None

Uma jovem de 22 anos foi morta a tiros nesta sexta-feira (6) no prédio da Defensoria Pública da União de Uberlândia, no Triângulo Mineiro. O autor dos disparos é um vigilante que trabalha no local.

Segundo a Polícia Militar a vítima era estagiária na Defensoria e teria um relacionamento com o vigilante. Hoje, durante uma briga, o homem atirou no peito da jovem. Em seguida ele fez um disparo contra a própria cabeça.

Os dois foram socorridos e levados para o Pronto-Socorro do Hospital das Clínicas da cidade. A estagiária não resistiu aos ferimentos e morreu antes de chegar à unidade. O vigilante está internado em estado grave.

Funcionários contaram aos militares que o casal tinha terminado o relacionamento há poucos dias, mas o autor não teria aceitado. Durante a manhã, ele já havia brigado com a jovem e foi advertido pelo chefe.

Jornal Midiamax