Geral

Uma família continua desabrigada depois que o Rio Apá subiu 6,4 metros

A forte chuva que caiu na última sexta-feira (28) em Bela Vista, distante 324 quilômetros de Campo Grande, deixou 31 famílias desabrigadas porque o Rio Apá subiu 6,4 metros acima da normalidade, que é de 3 metros de profundidade. Com o nível do rio quase na normalidade as famílias já retornaram para suas residências, apenas […]

Arquivo Publicado em 01/07/2013, às 20h32

None

A forte chuva que caiu na última sexta-feira (28) em Bela Vista, distante 324 quilômetros de Campo Grande, deixou 31 famílias desabrigadas porque o Rio Apá subiu 6,4 metros acima da normalidade, que é de 3 metros de profundidade.


Com o nível do rio quase na normalidade as famílias já retornaram para suas residências, apenas uma ainda continua desabrigada. A Defesa Civil Municipal continua dando assistência aos moradores que foram atingidos pelas chuvas.


Essa semana a chuva voltou a cair em todo o Estado, mas o nível dos rios sul-mato-grossenses continua na normalidade. Apenas as cidades de Bela Vista e Japorã continuam em estado de emergência.


Em Japorã os prejuízos foram causados nas estradas rurais e em várias pontes que caíram. As equipes da prefeitura estão levantando os prejuízos sofridos para tomarem as providências necessárias.


O coordenador da Defesa Civil Estadual, coronel Ociel Ortiz, disse que a secretaria está monitorando os municípios de Nioaque, Guia Lopes, Aquidauana, Miranda e Dois Irmãos do Buriti, onde há risco dos rios transbordarem nesses municípios caso as chuvas continuem nos próximos dias.

Jornal Midiamax