Geral

Tiroteios matam 13 em cidade mexicana na fronteira com EUA

Treze pessoas morreram em meio a tiroteios no domingo nos arredores da cidade mexicana de Matamoros, em um dos piores episódios de violência em uma área dominada por traficantes de drogas. Três confrontos ocorreram ao redor da cidade vizinha a Brownsville, no Texas, dos quais dois foram trocas de tiros entre homens armados e as […]

Arquivo Publicado em 04/11/2013, às 13h09

None

Treze pessoas morreram em meio a tiroteios no domingo nos arredores da cidade mexicana de Matamoros, em um dos piores episódios de violência em uma área dominada por traficantes de drogas.

Três confrontos ocorreram ao redor da cidade vizinha a Brownsville, no Texas, dos quais dois foram trocas de tiros entre homens armados e as Foças Armadas do México, de acordo com um comunicado do governo de Tamaulipas.

Oito homens morreram no confronto com fuzileiros navais mexicanos após quatro homens e uma mulher serem mortos em um confronto anterior entre grupos armados não identificados, disse o comunicado do governo.

Em luta para dominar as rotas de tráfico para os Estados Unidos, cartéis de drogas são responsáveis por uma série de massacres, confrontos armados e sequestros em Tamaulipas, dando ao Estado a reputação de ser uma região sem lei.

O presidente mexicano, Enrique Peña Nieto, assumiu o mandato em dezembro prometendo erradicar a violência entre gangues, que causou cerca de 80 mil mortes desde 2007. No entanto, há partes do território mexicano que continuam assoladas regularmente por tiroteios e execuções.

Jornal Midiamax