Geral

Proprietário rural é multado por criar animais em área de mata ciliar do rio Paraguai

Policiais Militares Ambientais de Corumbá (MS), que trabalham na Operação Carnaval, realizavam patrulhamento fluvial ontem (27) às 17h30 no rio Paraguai e perceberam a presença de várias cabeças de gado, equinos, ovinos, além da criação de porcos, em um chiqueiro, dentro da área de preservação permanente – APP do rio (mata ciliar). O proprietário da […]

Arquivo Publicado em 28/03/2013, às 10h19

None
59570046.jpg

Policiais Militares Ambientais de Corumbá (MS), que trabalham na Operação Carnaval, realizavam patrulhamento fluvial ontem (27) às 17h30 no rio Paraguai e perceberam a presença de várias cabeças de gado, equinos, ovinos, além da criação de porcos, em um chiqueiro, dentro da área de preservação permanente – APP do rio (mata ciliar).

O proprietário da fazenda informou que possuía 434 bois, 32 porcos, 40 cavalos e cinco ovelhas na área. Devido ao pisoteio dos animais, em torno de um hectare de área que seria de mata ciliar do rio estava degradada.

O proprietário foi notificado a remover todos os animais da área de preservação permanente. Ele também foi autuado administrativamente e multado em R$ 5 mil.

O autuado, residente em Corumbá, também responderá por crime ambiental e poderá pegar pena uma a três anos de prisão.

Jornal Midiamax