Geral

Prefeitos apostam na nova administração da Assomasul para alavancar cidades

Os prefeitos tucanos das cidades de Nova Alvorada do Sul, Água Clara e Fátima do Sul, apostam na administração do correligionário Douglas Figueiredo para fortalecer cidades do interior com menos de 20 mil habitantes. Em visita ao Midiamax, na manhã desta terça-feira (19), eles fizeram um balanço dos aspectos positivos da nova gestão. Para o […]

Arquivo Publicado em 19/02/2013, às 14h50

None
94553924.jpg

Os prefeitos tucanos das cidades de Nova Alvorada do Sul, Água Clara e Fátima do Sul, apostam na administração do correligionário Douglas Figueiredo para fortalecer cidades do interior com menos de 20 mil habitantes. Em visita ao Midiamax, na manhã desta terça-feira (19), eles fizeram um balanço dos aspectos positivos da nova gestão.

Para o prefeito de Nova alvorada do Sul – distante a 120 km de Campo Grande, Juvenal Neto (PSDB), a posse de Douglas causa uma expectativa muito grande de melhoria entre os prefeitos no interior do Estado. Juvenal compõe a chapa na Assomasul, no cargo de tesoureiro.

“A nossa bandeira principal é instalar uma consultoria especializada para elaboração de projetos, porque a demanda é muito grande e as cidades sobrevivem deles. Também vamos fica de olho no aumento do repasse do FPM (Fundo de Participação dos Municípios) com a retomada gradativa do IPI (Imposto de Produtos Industrializados) e outros desafios que se fizerem iminentes”, destacou.

O prefeito de Fátima do Sul – distante a 237 km de Campo Grande, Jr. Vasconcelos (PSDB), credita a Douglas um novo conceito e uma nova visão em relação às cidades de menor porte.

“Nós estamos assumindo as prefeituras com muitas dificuldades, principalmente no interior. Douglas conhece essa realizada de perto e com certeza vai fortalecer a entidade e unir os prefeitos em torno da melhoria da nossa infraestrutura, principalmente na questão dos projetos”, afirmou.

Também o prefeito de Água Clara – distante a 193 km de Campo Grande, Silas José (PSDB) – aposta na melhoria significativa da Associação. Na visão de Silas, a mudança inicia a partir do momento em que sobe ao comando um prefeito que conhece de perto a realidade da administração do interior do Estado.

“Com ele (Douglas) temos certeza que os municípios com menos de 20 mil habitantes vão deixar de ter uma voz rouca e fraca e ter força na administração. Água Clara cansou de ser a vizinha pobre de Três Lagoas. Vamos colocar nossa cidade na rota do desenvolvimento e isso passa pela inauguração da Hidrelétrica São Domingos agora no mês de março”, enfatizou.

Em Mato Grosso do Sul, 51 das 79 cidades possuem menos de 20 mil habitantes, conforme estimativa do IBGE 2011. Os prefeitos aproveitaram para elogiar a cobertura do Midiamax on-line e o veículo de comunicação impresso.

Jornal Midiamax