Geral

PMA autua paulista por degradar margem do rio Miranda em Bonito

Policiais Militares Ambientais multou ontem (17), arrendatário de pesqueiro por degradar as margens do Rio Miranda em Bonito – a 300 km de Campo Grande. O arrendatário do pesqueiro, residente em Araras (SP) realizou a derrubada da vegetação e construiu uma escada em alvenaria para acesso ao rio, degradando a mata ciliar do rio (área […]

Arquivo Publicado em 18/12/2013, às 12h05

None
1886198538.jpg

Policiais Militares Ambientais multou ontem (17), arrendatário de pesqueiro por degradar as margens do Rio Miranda em Bonito – a 300 km de Campo Grande.


O arrendatário do pesqueiro, residente em Araras (SP) realizou a derrubada da vegetação e construiu uma escada em alvenaria para acesso ao rio, degradando a mata ciliar do rio (área de preservação permanente – APP), sem autorização ambiental.


As atividades foram interditadas. Pela infração administrativa, o arrendatário recebeu multa de R$ 5 mil. Ele também responderá por crime ambiental. Se condenado, poderá pegar pena de um a três anos de detenção.


O autuado foi notificado a apresentar junto ao órgão ambiental Estadual um plano de recuperação da área degradada (PRAD).

Jornal Midiamax