Geral

PM apreende menor como terceiro suspeito da morte de menino boliviano em SP

Um menor foi apreendido neste domingo (29) na região de São Matheus, na zona leste de São Paulo, suspeito do assassinato do menino boliviano Brayan Yanarico Capcha, 5. Segundo a SSP (Secretaria de Segurança Pública de São Paulo), ele é o terceiro suspeito detido pela morte. O jovem, que tem entre 15 e 17 anos, […]

Arquivo Publicado em 30/06/2013, às 19h55

None

Um menor foi apreendido neste domingo (29) na região de São Matheus, na zona leste de São Paulo, suspeito do assassinato do menino boliviano Brayan Yanarico Capcha, 5. Segundo a SSP (Secretaria de Segurança Pública de São Paulo), ele é o terceiro suspeito detido pela morte. O jovem, que tem entre 15 e 17 anos, chegou à 49ª DP, onde o caso está sendo investigado, por volta das 10h.


Dois suspeitos do crime já foram presos. Segundo a SSP, o segundo suspeito tem 18 anos e foi preso neste sábado (29). O primeiro foi detido na noite de sexta-feira. Outros dois homens ainda estão sendo procurados pela polícia. Uma coletiva de imprensa acontece hoje às 18h para dar mais esclarecimentos sobre a apreensão.


Brayan foi morto durante um assalto porque seu choro irritou os ladrões. A casa de sua família no bairro de São Mateus, na zona leste de São Paulo, foi invadida na madrugada de sexta-feira (28). Ele foi alvejado na cabeça enquanto estava no colo da mãe. Seis ladrões levaram R$ 4.500 em dinheiro da casa. Parte disso seriam economias do próprio menino.


O corpo de Brayan segue para La Paz, na Bolívia, às 14h desta segunda-feira (1º), partindo do aeroporto de Guarulhos, em São Paulo. A família deve chegar a capital boliviana por volta das 19h do horário local e seguirá até o povoado de Tacamara (100 km de La Paz) por via terrestre, segundo a advogada da família, Patrícia Vega. Às 10h desta segunda, a família deve se pronunciar para fazer agradecimentos, de acordo com a advogada.

Jornal Midiamax