Geral

Pesquisa aponta movimentação de quase R$ 1 bilhão em Campo Grande durante Natal

Neste Natal estima-se que circulará em Campo Grande R$ 610 milhões do salário de novembro pago no início de dezembro, mais uma parcela de R$ 360 milhões do saldo do 13º. Os dados são de pesquisa feita de 10 a 24 de novembro pela Fecomércio para analisar comportamento e da expectativa de consumo do Natal […]

Arquivo Publicado em 06/12/2013, às 13h25

None
1995918939.jpg

Neste Natal estima-se que circulará em Campo Grande R$ 610 milhões do salário de novembro pago no início de dezembro, mais uma parcela de R$ 360 milhões do saldo do 13º. Os dados são de pesquisa feita de 10 a 24 de novembro pela Fecomércio para analisar comportamento e da expectativa de consumo do Natal de 2013 e o uso das parcelas do 13º salário.

Da população economicamente ativa (cerca de 400 mil), 62% deverão receber 13º e 5% já receberam uma parcela. A parcela do 13º deverá servir para pagar contas em atraso (13%), para a poupança (14%), para as compras de Natal (19%) e reserva para as contas do início do ano (12%), entre outras aplicações.

Referente às compras de Natal, estima-se que deverá circular aproximadamente R$ 58,9 milhões em compras de pelo menos um presente, com presentes no valor médio de R$157. 94% dos consumidores disseram que irão às compras podendo comprar até 4 presentes (73%).

Presenteados 

Deverão receber presentes as mães (19%), pais (10%), filhos (23%) e esposos (23%). Grande parte dos presentes deste Natal será brinquedos (21%), roupas (20%), calçados (13%) e perfumaria (12%).

Forma de pagamento

As compras serão à vista (62%), 70% dos consumidores deverão escolher as compras a prazo e as quais serão divididas em até quatro parcelas. 46% irão às compras na semana que antecede a festa natalina e 11% na véspera.

Escolha

Os consumidores consideram como itens decisivos para as compras nas lojas por desconto de preço (19%), promoção (22%), a forma de pagamento (9%) e a marca do produto (19%).

Estado

No período de Natal, Mato Grosso do Sul receberá um montante aproximadamente de R$1, 159 bilhão, proveniente do salário mensal dos empregos formais, mais uma cota de R$631 milhões referente ao 13º salário.

Jornal Midiamax