Geral

Pelé busca jovem com noção de inglês e capoeira para interpretá-lo em filme

Pelé usou a internet para encontrar algum jovem de 14 a 21 anos para interpretá-lo em um longa-metragem sobre o início de sua carreira, da infância ao Mundial de 1958. Entre os requisitos para ser o “Pelezinho”, o rapaz deve ter noção da língua inglesa e ser bom na capoeira. “É necessário falar Português, ter […]

Arquivo Publicado em 19/07/2013, às 14h28

None
1783528613.jpg

Pelé usou a internet para encontrar algum jovem de 14 a 21 anos para interpretá-lo em um longa-metragem sobre o início de sua carreira, da infância ao Mundial de 1958. Entre os requisitos para ser o “Pelezinho”, o rapaz deve ter noção da língua inglesa e ser bom na capoeira.


“É necessário falar Português, ter habilidade para jogar futebol e inglês básico. Ser fisicamente parecido com o Pelé é importante, porém não é pré-requisito”, apresenta texto postado por Pelé no Twitter.


Pelé adiantou que o longa-metragem terá como base sua participação na Copa do Mundo de 1958, na Suécia, quando encantou o mundo ao conquistar o título com 17 anos de idade.


Para achar o ator que o interpretará, Pelé informa que o jovem tem de ser negro, ter habilidade para jogar futebol, dançar, além de destacar que “ser fisicamente é importante, mas não pré-requisito”. Os interessados devem enviar fotos e dados pessoais para o [email protected]


De acordo com o produtor Brian Grazer, o filme deve chegar aos cinemas “algumas semanas antes do Mundial.”


A película, dirigida pelos irmãos Zimbalist, em fase de pré-produção, vai ter entre os produtores o próprio Pelé e vai mostrar a trajetória do jogador até o sucesso na Copa do Mundo da Suécia, em 1958.


Grazer disse ainda que o longa terá como foco a “construção da lenda de Pelé desde a infância, quando jogava usando laranjas como bolas, até os 17 anos”, quando o Brasil conquistou seu primeiro título mundial.


“Vou confiar no grupo, consciente de que o sucesso de um é o sucesso de todos e vice-versa. Eu estava acostumado a fazer isso em campo e não tenho nenhuma razão para não confiar inteiramente nos dois autores, dos quais eu aprecio muito o trabalho e a criatividade”, declarou Pelé, que se disse “muito curioso” para assistir ao filme.

Jornal Midiamax