Geral

Pedro Chaves garante que não haverá isolamento ao falar como secretário de Governo

A nomeação sairá no Diário Oficial do município desta terça-feira (05), mas Pedro Chaves já falou na saída do Paço Municipal como secretário de Governo. O empresário irá substituir Gustavo Freire na função, e prometeu um novo posicionamento político da Prefeitura com relação a Câmara Municipal e um maior número de aliados. “Sem a Câmara […]

Arquivo Publicado em 05/11/2013, às 01h09

None
1971516709.jpg

A nomeação sairá no Diário Oficial do município desta terça-feira (05), mas Pedro Chaves já falou na saída do Paço Municipal como secretário de Governo. O empresário irá substituir Gustavo Freire na função, e prometeu um novo posicionamento político da Prefeitura com relação a Câmara Municipal e um maior número de aliados.

“Sem a Câmara não há como ter uma gestão normal. Não haverá nenhum tipo de isolamento pois faremos um ‘concílio’ político, com presidentes de partidos e lideranças onde será visto sempre o melhor para Campo Grande”, falou Pedro Chaves sobre um mudança na gestão municipal, que abandonaria a postura ortodoxa.

A Secretária de Governo é apenas uma das mudanças estratégicas sugeridas pelo PT a Alcides Bernal (PP). O partido tem insistido no discurso de que a gestão precisa criar uma coalizão política para que haja governabilidade. Presente na reunião com o prefeito, que também contou com outros quatro petistas, o deputado Federal Vander Loubet (PT) viu como um marco a nomeação de Pedro Chaves para o cargo.

“Ele tem um prestígio muito grande, uma experiência administrativa e dará a tranquilidade para construir a maioria que o prefeito precisa. Existem recursos muito substanciais para serem investidos na Capital e precisa só de tranqüilidade política”, afirmou Vander.

Jornal Midiamax