Geral

Mourinho ataca Neymar e pede intervenção da UEFA contra simulação

O técnico do Chelsea, José Mourinho, criticou os jogadores que tentam iludir a arbitragem com a simulação de faltas, atacando diretamente Neymar e também o italiano Mario Balotelli. Segundo o treinador português, o comportamento dos dois jogadores na última rodada da Liga dos Campeões não foi digno de jogo limpo. “Uma equipe ficou com 10 […]

Arquivo Publicado em 06/10/2013, às 15h15

None

O técnico do Chelsea, José Mourinho, criticou os jogadores que tentam iludir a arbitragem com a simulação de faltas, atacando diretamente Neymar e também o italiano Mario Balotelli. Segundo o treinador português, o comportamento dos dois jogadores na última rodada da Liga dos Campeões não foi digno de jogo limpo.


“Uma equipe ficou com 10 jogadores e a outra teve um pênalti contra nos últimos minutos. Esse comportamento me entristece e preocupa, já que também participo da Liga dos Campeões”, disse Mourinho.


O português ainda pediu a intervenção das autoridades do futebol contra as simulações. “Não represento nada, apenas dou a minha pequena opinião. Mas se ninguém tomar alguma atitude, na próxima semana vão continuar simulando”, afirmou.

Jornal Midiamax