Geral

Médico é acusado de abusar de ‘virgem’ de 48 anos em posto de saúde das Moreninhas

Uma mulher de 48 anos, que garante ser virgem, procurou a Polícia Civil para denunciar um médico que tentou abusá-la sexualmente no posto de saúde do bairro Moreninhas, em Campo Grande. O fato ocorreu em abril deste ano. Desde então, a polícia tenta comprovar e posteriormente indiciar o profissional por estupro ou até mesmo importunação ofensiva ao […]

Arquivo Publicado em 01/07/2013, às 18h50

None

Uma mulher de 48 anos, que garante ser virgem, procurou a Polícia Civil para denunciar um médico que tentou abusá-la sexualmente no posto de saúde do bairro Moreninhas, em Campo Grande. O fato ocorreu em abril deste ano. Desde então, a polícia tenta comprovar e posteriormente indiciar o profissional por estupro ou até mesmo importunação ofensiva ao pudor.



“Ela diz que marcou consulta para fazer um exame preventivo, sendo que assim que entrou informou ao ginecologista que era virgem. Ele então passou a ser grosseiro, tocou nas partes intimas e ela terminou o procedimento machucada”, afirma a delegada Molina, titular da Deam (Delegacia Especializada de Atendimento á Mulher).

Assim que finalizada a consulta, a delegada Molina, conta que a vítima saiu chorando e foi procurar a unidade policial. Na ocasião, ela ainda quis comprovar a sua virgindade.



Neste caso, a delegada ressalta que é primordial identificar se ambos estavam sozinhos na ocasião, qual o motivo das atitudes inadequadas do profissional e mais detalhes que realmente comprovam o crime. Enquanto isso, a investigação segue sob segredo de Justiça.

Jornal Midiamax