Geral

Marcusso, braço direito de Perches, é exonerado do Hospital Regional

Mauro Roberto Gonçalves Marcusso, ordenador de despesas do Hospital Regional de Mato Grosso do Sul, foi exonerado nesta quinta-feira (18) pelo governador André Puccinelli. Marcusso é considerado braço direito do ex-diretor do Hospital, Ronaldo Perches Queiroz, afastado recentemente após denúncias de má gestão de recursos do SUS. Ele ocupava cargo em comissão de Direção-Executiva...

Arquivo Publicado em 18/07/2013, às 22h38

None

Mauro Roberto Gonçalves Marcusso, ordenador de despesas do Hospital Regional de Mato Grosso do Sul, foi exonerado nesta quinta-feira (18) pelo governador André Puccinelli.


Marcusso é considerado braço direito do ex-diretor do Hospital, Ronaldo Perches Queiroz, afastado recentemente após denúncias de má gestão de recursos do SUS.


Ele ocupava cargo em comissão de Direção-Executiva e Assessoramento, símbolo DGA-3, na Fundação Serviços de Saúde de Mato Grosso do Sul – o HRMS.


No decreto, a administração estadual não fecha as portas ao funcionário, colocando a possibilidade do mesmo ser reconduzindo ao respectivo cargo efetivo do Quadro Permanente de Pessoal do Estado de Mato Grosso do Sul.


Em seu lugar, foi nomeado Rudiney de Araújo Leal, que atuava como gestor de atividades de trânsito pelo Detran-MS. Rudiney pertence ao quando permanente e estava à disposição da prefeitura de Ponta Porã.


Marcusso atuava como diretor administrativo do Hospital até o último dia 4, quando foi nomeado ordenador de despesas.


Servidores denunciaram a manutenção dele no cargo na época da nomeação, dizendo que mantê-lo era pior do que devolver Perches à administração.

Jornal Midiamax